Saúde para Todos

São Tomé e Príncipe

Setor: Saúde

Parceiros: Camões I.P., Ministério da Saúde de São Tomé e Príncipe, Instituto Marquês de Valle Flôr, Direção Geral da Saúde e Fundação Calouste Gulbenkian

Orçamento/duração: EUR 10.5 milhões/132 meses

Objetivo da intervenção

Consolidar o Sistema Nacional de Saúde de São Tomé e Príncipe, centrando a intervenção nos Cuidados Primários e Especializados.

O projeto tem logrado resultados expressivos na melhoria dos indicadores de saúde do país ao garantir o acesso aos cuidados básicos, promovendo a prevenção e tratamento precoce de situações clínicas e nos cuidados prestados nos dois hospitais do país.

É de destacar a prestação de um conjunto integrado de serviços de saúde (cuidados primários, especializados e preventivos) numa rede constituída por 30 unidades de saúde que dão cobertura a todos os utentes do país.

A Telemedicina foi implantada no Hospital Central, a qual tem permitido o acompanhamento e orientação dos casos clínicos complexos, a promoção, a formação e o aconselhamento, à distância. Neste âmbito, foi desenvolvida uma solução inovadora, o sistema TELEYE, que permite a realização de exames oftalmológicos completos à distância, em tempo real ou diferido, apoio importante para a formação teórica e prática dos profissionais de saúde são-tomenses.

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.