Saúde

A saúde é um direito fundamental e universalmente reconhecido. O impacto da melhoria dos indicadores na área da saúde é relevante não só ao nível humano e de bem-estar, mas também ao nível social e económico.

A intervenção da Cooperação Portuguesa no setor da Saúde tem como objetivo central o fortalecimento dos sistemas de saúde, em particular dos serviços públicos, dos países em desenvolvimento, enquanto elemento fundamental das suas estratégias de progresso.

Em termos de áreas de intervenção prioritárias, reconhece-se a importância de apoiar o alargamento do acesso e qualidade de cuidados primários de saúde e o direito à saúde sexual e reprodutiva, a melhoria dos cuidados materno-infantis e o da saúde das mulheres, o combate a doenças sexualmente transmissíveis, à malária, à tuberculose e outras Doenças Tropicais Negligenciadas.

A cooperação portuguesa tem vindo igualmente a investir no desenvolvimento da investigação em saúde e na resposta às ameaça à saúde mundial.

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.