Coreia do Sul

Atividades desenvolvidas pela Rede Camões na Coreia do Sul.

2016

 

Artes Performativas

SEUL | Sogang University | 15-10-2016

Companhia Nacional de Bailado no “Seoul Internacional Dance Festival (SIDance)”

A Companhia Nacional de Bailado, através da apresentação da obra “Tábua Rasa (Tabula Rasa)”, com cocriação e interpretação de António Cabrita, Henriett Ventura, São Castro e Xavier Carmo, representou Portugal no Seoul Internacional Dance Festival (SIDance) 2016.

O Seoul Internacional Dance Festival (SIDance) é o mais importante festival de dança contemporânea da República da Coreia, juntando todos os anos em Seul representantes dos mais diversos países para mostrar o que de melhor se faz nesta área em todo o mundo.

Apoios: Embaixada de Portugal em Seul e Camões, I.P.

Artes Visuais

SEUL | Ilmin Museum of Art de Seul | 25-06-2016 — 14-08-2016

Exposição “ Distant Rooms”, de Rui Chafes e Pedro Costa

O artista plástico Rui Chafes e o realizador de cinema Pedro Costa apresentaram no Ilmin Museum of Art de Seul, na Coreia do Sul, a sua quarta exposição conjunta, em que associam as esculturas do primeiro às imagens do segundo.

A exposição conjunta de Rui Chafes e Pedro Costa constituiu um momento especial e único para o público sul-coreano conhecer a obra deste dois artistas numa perspetiva de complementaridade e de jogos entre corpos (de escultura) e de luz (imagens de cinema).

Foi também lançado em Seul e em Tóquio, alguns dias depois, o livro Família Aeminium, editado pela Pierre von Kleist, referente à exposição que os dois criadores portugueses fizeram no Criptopórtico de Coimbra.

Apoios: Embaixada de Portugal em Seul e Camões, I.P.

Cinema e Multimédia

 

SEUL | 22-11-2016 — 30-11-2016

Ciclo sobre o Cinema Novo Português

A Cinemateca de Seul organizou um ciclo sobre o Cinema Novo Português, que consistirá na apresentação de um conjunto de filmes que, na opinião do Diretor da Cinemateca de Seul, Sungwook Kim, são representativos da vaga de cinema novo português.

O filme de abertura selecionado foi o “Ornitólogo”, do realizador João Pedro Rodrigues. Seguiram-se os filmes “Os Maias”, de João Botelho, “E agora? Lembra-me”, de Joaquim Pinto, “John From”, de João Nicolau, “O espetador espantado”, de Edgar Pêra, trilogia das “Mil e uma Noites” de Miguel Gomes e “Visita ou Memórias e confissões”, de Manoel de Oliveira.

A Cinemateca de Seul tem organizado regularmente, ao longo dos últimos anos, ciclos de cinema dedicados à promoção do cinema português na Coreia do Sul.

Apoios: Camões, I.P. e Embaixada de Portugal em Seul

 

 

 

2015

 

Artes Performativas

SEUL | 27-06-2015

Apresentação de “Ode Marítima” de Álvaro de Campos pela primeira vez na Coreia do Sul

No âmbito de uma iniciativa do You Theater e da Embaixada de Portugal em Seul, teve lugar em Seul a apresentação da "Ode Marítima" pelo ator Diogo Infante acompanhado do músico João Gil.

Tratou-se da primeira vez que este poema de Álvaro de Campos, um dos heterónimos de Fernando Pessoa, foi apresentado naquele país asiático.

A apresentação do poema, legendada simultaneamente em coreano, tendo a tradução sido feita diretamente do português pelo Prof. Kim Hanmin.

Organização: Embaixada de Portugal em Seul e You Theater

Patrocínio: Camões, I.P.

SEUL | Seoul Arts Center | 05-10-2015

Companhia Olga Roriz apresentou “PETS” no “Seoul International Dance Festival”

Em resultado de uma cooperação entre o SIDance e a Embaixada de Portugal em Seul a Companhia Olga Roriz apresentou o espetáculo de dança “PETS” no dia 5 de outubro no Seoul Arts Center, na capital da República da Coreia, integrado na 18ª edição do “Seoul International Dance Festival”.

A participação da Companhia Olga Roriz neste festival de dança constitui um importante contributo para a promoção da cultura portuguesa e proporciona uma oportunidade para o aumento da visibilidade de Portugal junto do público coreano.

Apoio: Camões, I.P.

Artes Visuais

SEUL | Universidade Hankuk de Estudos Estrangeiros | 30-04-2015

Comemorações do 25 de Abril - Dia da Liberdade

As Comemorações do "Dia da Liberdade", inserida no Plano de Atividades Culturais da Embaixada de Portugal em Seul, teve lugar na Universidade Hankuk de Estudos Estrangeiros (HUFS), organizada pela Diretora do Centro de Língua Portuguesa/Camões, I.P. naquela Universidade em conjunto com a Embaixada.

A ação consistiu na inauguração da exposição "abrir Abril, o chegar da Liberdade" seguida da exibição do documentário "Outro País", de Sérgio Tréfaut e contou com a presença do Embaixador de Portugal, do Diretor do Departamento de Português da HUFS, de professores e de alunos.

Organização: Embaixada de Portugal em Seul e Centro de Língua Portuguesa/Camões, I.P. em Seul

Apoio: Camões, I.P.

SEUL | Universidade de Hankuk de Estudos Estrangeiros | 05-10-2015 — 13-10-2015

Exposição “Escritores Diplomatas” na Universidade de Hankuk

Por iniciativa do Centro de Língua Portuguesa em Seul /Camões, I.P. e com o apoio da Embaixada de Portugal em Seul, a Hankuk University of Foreign Studies (HUFS) acolheu, entre 5 e 13 de outubro de 2015, uma exposição dedicada aos “Escritores Diplomatas”.

A cerimónia de inauguração foi presidida pelo Embaixador de Portugal em Seul, António Quinteiro Nobre, sendo sucedida pela exibição do documentário “Eça de Queirós – Realidade e Ficção”, bem como um debate com os estudantes do Departamento de Português da HUFS sobre o tema da exposição.

Organização: Centro de Língua Portuguesa/Camões, I.P.

Apoio: Embaixada de Portugal em Seul

Língua

SEUL | 30-04-2015 - 30-05-2015

Concurso Celebrar a Língua Portuguesa

Concurso "Celebrar a Língua Portuguesa" na Hankuk University of Foreign Studies (HUFS)

Organização: Centro de Língua Portuguesa/Camões, I.P. em Seul

Apoio: Camões, I.P.

 

2014

 

Cinema e Multimédia

SEUL | Korea Film Archive e Museum of Modern and Contemporary Art | 29-08-2014 — 04-09-2014

Retrospetiva sobre Edgar Pêra no Festival de Cinema e Vídeo Experimental de Seul (EXis)

O realizador português Edgar Pêra esteve presente na 11ª edição do Festival de Cinema e Vídeo Experimental de Seul (EXis), no âmbito de uma retrospetiva sobre a sua obra e que surgiu integrada na programação deste certame. Foram exibidos 11 filmes seus, dando resposta ao interesse suscitado pelas participações anteriores do cineasta português no Festival Intenacional de Cinema de Busan.

As longas-metragens “A Janela” e “O Barão” foram complementadas por dois programas especiais, dedicados às médias e curtas-metragens do autor, numa escolha representativa do percurso criativo de Edgar Pêra. Entre as curtas-metragens, destacou-se a primeira exibição na Coreia do Sul de “One way or another (Reflections of a psycho killer)“, filme rodado no ano de 2012, em Busan, e interpretado por um ator coreano.

Apoio: Camões, I.P.

SEUL | Cinemateca de Seul | 29-10-2014 — 23-11-2014

Retrospetiva do realizador português Manoel de Oliveira

A Cinemateca de Seul dedicou uma retrospetiva à obra cinematográfica do consagrado realizador português Manoel de Oliveira, cuja inauguração foi marcada por uma receção do Embaixador de Portugal em Seul, António Quinteiro Nobre, e o Diretor de Programas da Cinemateca de Seul, Seong-uk Kim, à qual se seguiu a exibição do filme "Singularidades de uma Rapariga Loira" (2009).

“Douro, Faina Fluvial” (1931), “Aniki Bobó” (1942), “Francisca” (1981), “Non, ou a Vã Glória de Mandar” (1990) “Vale Abraão” (1993), e “Belle Toujours” (2006) são algumas das películas com a inconfundível assinatura de Manoel de Oliveira.

Organização: Cinemateca de Seul

Apoio: Camões, I.P., Cinemateca Portuguesa e Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA)

 

2013

 

Cinema e Multimédia

SEUL | 08-05-2013 — 30-05-2013

Retrospetiva do realizador português João César Monteiro

A Embaixada de Portugal em Seul e o Seoul Art Cinema levaram a cabo a retrospetiva “João César Monteiro and his companions”, assinalando os dez anos sobre o falecimento do cineasta português e o 11º aniversário do Seoul Art Cinema.

Esta retrospetiva foi a primeira oportunidade dada ao público coreano de assistir a todas as longas-metragens de João César Monteiro, sendo o programa complementado com obras de outros realizadores que lhe foram próximos ou partilharam algumas influências e abordagens: Margarida Gil, Pedro Costa, João Pedro Rodrigues, Miguel Gomes e João Tabarra.

Organização: Embaixada de Portugal em Seul e o Seoul Art Cinema

Apoio: Camões, I.P.

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.