Portugal

Obras de autores portugueses traduzidas e publicadas em Portugal.

 

AAVV
  • Portuguese Poetry After Pessoa: José Régio, Vitorino Nemésio, Miguel Torga, Jorge de Sena, Carlos de Oliveira, Alexandre O'Neill, David Mourão-Ferreira, Ruy Belo, Luiza Neto Jorge. Trad. Richard Zenith. Lisboa, Contexto, 1998, 124 p.
Agostinho da Silva
  • La Kastoroj Cirkau la mondo. Porto, Edição de Autor, [Porto, Tip. Gonçalves Nogueira], 1943, 22 p., il.
  • La Araneoj. Porto, Edição de Autor, (Porto, Tip. J.R. Gonçalves), 1944, 24 p.
  • La Budhismo. Trad. de José de Freitas Martins. Porto, Portugala Eldona Rondo, 1947, 23 p.
  • La Portugala Literaturo. Trad. Manuel de Freitas. Porto, Edição de Autor, (Porto, Tip. J.R. Gonçalves), 1948, 26+6 p.
  • La prahistoria arto el la portugala linguo. Trad. José de Freitas Martins. Porto, Edição de Autor, (Porto, Tip. J.R. Gonçalves). 1947, 22 p.
  • La vivo de l'eskimoj. Porto, Edição de Autor, (Porto, Tip. J. R. Gonçalves), 1946, 26 p., il.
  • Piccard en la stratosfero. Porto, Edição de Autor, (Porto, Tip. Gonçalves & Nogueira), 1943, 22 p.
  • Pro tri pingvenay ovoj. Trad. Manuel de Freitas. Porto, Edição de Autor, (Porto, Tip. J.R. Gonçalves), 1948, 27 p.
  • Unua vojago cirkau la mondo. Trad. J. J. Rodrigues. Porto, Portugala Eldona Rondo, 194-, 23 p.
  • Vivo haj asto de Gorja. Porto, Edição de Autor, (Porto, Tip. J.R. Gonçalves), 1943, 21 p.
  • Vivo Kaj morto de Sokrato. Porto, Edição de Autor, (Porto, Tip. Gonçalves & Nogueira), 1943, 24 p.
Agustina Bessa-Luís
  • Breviário do Brasil = Brazilian Breviary. Trad. Mason Funk, il. Fernando Távora. Porto, Edições ASA, 1991, 189 p., il.
  • Dominga. Trad. Françoise Debecker-Bardin. Lisboa, Guimarães Editores, 2000, 46 p., português/francês
  • Dominga. Trad. Klaus-D. Lieberwirth, rev., colab. Maria José Peixoto Lieberwirth. Maia, Cosmorama, 2006, 45 p., português/alemão
  • Douro. Mónica Baldaque. Texto de Agustina Bessa-Luís, coord. Marta Cristina de Araújo, trad. David Davis. Porto, Contemporânea, 1997, 73 p., il., português/inglês
  • Mãe de um Rio (A) = La Mère d'un Fleuve. Fotografia de Jorge Molder. Trad. François Debecker-Bardin. Lisboa, Guimarães Editores, 1998, 51 p., português/francês
  • Pavilhão dos Oceanos. Exposição Mundial de Lisboa de 1998. Org. EXPO 98, textos de Agustina Bessa-Luís... [et al.], trad. Maria Luísa Carvalho Baptista. Lisboa, Expo'98, 1998, 197 p., il.
  • Pensadora entre as Coisas Pensadas = Pensatrice fra le Cose Pensate. Lisboa, Guimarães Editores, 2008, 43 p., il., português/italiano
  • Porto em Vários Sentidos (O) = Oporto's Many Sides. Fot. Nicolas Sapieha, textos de Eduardo Paz Barroso, trad. Richard Zimler. Lisboa, Quetzal, 1998, 155 p., il., português/inglês
Al Berto
  • Canto do Amigo Morto = Chant de l'ami mort. Lisboa, Europália, 1991, 38 p. il.
  • Dernière Scène (La). Un Regard Portugais = Um Olhar Português. Exposição de Fotografia de Stanislas Kalimerov. Texto de Al Berto, trad. Jean-Pierre A. Léger. Lisboa, Edição do Autor, 1995, 32 p., il., 30 cm., português/francês
Almeida Garrett
  • Camões = Camoens. Trad. Edgar C. Knowlton. Macau, «Boletim do Instituto Luís de Camões», Nº 6, 1972, 119 p., il.
  • Frei Luís de Sousa = Frey Luis de Sousa. Trad. D. Emilio Olloqui. Lisboa, Imprensa Nacional, 1859, 81 p., português/espanhol
  • Incomplete Tragedy of Afonso de Albuquerque. Trad. Edgar Colby Knowlton Jr. Macau, Imprensa Nacional «Boletim do Instituto Luís de Camões», Nº 11, 1977, 22 p.
  • Textes inédits d'Almeida Garrett. Fragments d'Oeuvres Dramatiques. Intr. Damien Saunal. Lisboa, «Bulletin d'Histoire du Théatre Portugais», Nº 5, 1952, 50 p.
Ana Hatherly
  • Fibrilações. Trad. Perfecto E. Cuadrado. Lisboa, Quimera, 2005, 91 p., português/espanhol
António Feliciano de Castilho
  • Ciumes do Bardo (Os) = Los Celos del Bardo. Poema. Version Gonzalo Calvo Asensio. Porto, Imprensa Portugueza, 1870, 31 p.
  • Ciumes do Bardo : seguidos da confissão de Amelia traduzida de M.elle Delfine Gay (Os). Trad. Delfine Gay. Lisboa, Typ. Lisbonense A. C. Dias, 1836, XXII+200+6 p.
António Nobre
  • Au Portugal. Deux Poémes Disparus Cesário Verde et António Nobre. Un Poéte d'Aujourd'hui Eugénio de Castro. Ed. J. Chaix-Ruy. Coimbra, Biblioteca da Universidade, 1937, 38 p.
  • Dix-huit Sonnets d'António Nobre. Trad. R. A. Lawton. Braga, «Sillages», nº 5, 1978, pp. 103-125
  • Só = Solo. Ed. Enzio di Poppa Vòlture. Lisboa, Instituto Italiano de Cultura, «Estudos Italianos em Portugal», nº 23, 1964, 68 p.
António Ramos Rosa / Robert Bréchon
  • Meditações Metapoéticas = Méditations Metapoétiques. Lisboa, Caminho, 2003, 382 p.
António Vieira, Pe.
  • Cinco Pedras da Funda de David (As) = Las Cinco Piedras de la Honda de David. En cinco discursos morales, predicados en Roma a la Reyna de Suecia, Christina Alexandra, en lengua italiana / por el... Padre Antonio Viera..., y traducidos en lengua castellana por el mismo author. Lisboa, en la officina de Miguel Deslandes, 1695, 16+125+43 p.
  • Sermon de la Assumpcion gloriosa de Maria Santissima...que predicò el Padre Antonio de Viera de la Companhia de Iesus... En Lisboa, 1680, 25 p., português/espanhol
Camilo Castelo Branco
  • De como me Casei = Le Mariage de Sylvestre. Trad. francês Olivier Du Chastel, pref., coment Ricardo Jorge. Lisboa, Emp. Lit. Fluminense, 1925, 65 p., retrato do autor, francês
  • Maior Dór Humana (A). Versão Catalan do Illustre Escriptor I. Ribera-Rovira. Porto, [s.n.], 1917, 4 fl., catalão
  • Queda dum Anjo (A). Trad. Wang Suo Ying. Macau, Instituto Cultural / Montanha das Flores, 1995, 230 p., il., chinês
Carlos de Oliveira
  • Portuguese Poetry After Pessoa: José Régio, Vitorino Nemésio, Miguel Torga, Jorge de Sena, Carlos de Oliveira, Alexandre O'Neill, David Mourão-Ferreira, Ruy Belo, Luiza Neto Jorge. Ed., trad. Richard Zenith. Lisboa, Contexto, 1998, 124 p.
David Mourão-Ferreira
  • Portuguese Poetry after Pessoa: José Régio, Vitorino Nemésio, Miguel Torga, Jorge de Sena, Carlos de Oliveira, Alexandre O'Neill, David Mourão-Ferreira, Ruy Belo, Luiza Neto Jorge. Trad. Richard Zenith. Lisboa, Contexto, 1998, 124 p.
Eça de Queirós
  • Crime do Padre Amaro (O). Trad. Anne Gisela Ribeiro Brunke. Coimbra, Cadernos do Cieg, 2007, alemão
  • Maias (Os). Trad. Deng Ji Shen / Zhang Bao Sheng. Macau / Shijiazhuang (Hebei). Macau, Instituto cultural de Macau / Ed. Montanha das Flores, 1995, 2 vols., chinês
  • Primo Basílio (O). Trad. Fan Wei Xin. Macau/Shijiazhuang (Hebei). Macau, Instituto Cultural de Macau/ Ed. Montanha das Flores, 1994, chinês
  • Relíquia (A). Trad. Zhou Han Jun, coord. Ana Paula Laborinho. Macau/ Shijiazhuang (Hebei). Macau, Instituto Cultural de Macau/ Ed. Montanha das Flores, 1996, 303 p., chinês
Eduardo Lourenço
  • Culture à l’Ère de la Mondialisation (La). Suivi d’un Portrait par Catherine Portevin. Trad. Annie de Faria. Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 2001
  • Nós como Futuro = Nosotros como Futuro. Trad. J. León Acosta, foto. Jorge Molder. Lisboa, Pavilhão de Portugal - Expo'98 / Assírio & Alvim, 1998, 31 p., il., espanhol
  • Nós como Futuro = Nosotros como Futuro. Trad. Christine Robinson, foto. Jorge Molder. Lisboa, Pavilhão de Portugal - Expo'98 / Assírio & Alvim, 1998, 31 p., il., francês
  • Nós como Futuro = We the Future. Foto. Jorge Molder, trad. Christine Robinson. Lisboa, Pavilhão de Portugal - Expo’98 / Assírio & Alvim, 1997, 31+5 p.+8 f. il., inglês
Eugénio de Andrade
  • 30 Poemas = 30 Poémes = 30 Poems. Trad. Ángel Crespo / Michel Chandeigne / Alexis Levitin. Porto, Fundação Eugénio de Andrade, 1993, 159 p., português/espanhol/francês/inglês
  • 30 Poemas. Ed. Ángel Crespo, trad. António Osório, Eugénio de Andrade, José Bento e Mário Coelho. Porto, Relógio d’Água, 1984, 46 p.
  • 5 Poemas = 5 Poèmes = 5 Poems = 5 Poesie = 5 Gedichte. Porto, Campo das Letras, 1997, português / francês / inglês / italiano / alemão
  • A Domingos Peres das Eiras, com umas violetas = To Domingos Peres das Eiras, with a few violets = A Domingos Peres das Eiras, avec quelques violettes. Porto, Fundação Eng. António de Almeida, 1986, 32 p., il., português/inglês/francês
  • Macau, de Ana Esquível. Selecção de textos e prefácio de Eugénio de Andrade. Macau, Governo de Macau, 1990, 210 p., il., inglês
  • Carlos Marreiros, Desenhos. O Poeta, a Cidade e o Mar = The Poet, the City and the Sea/ Carlos Marreiros, drawings. Textos Eugénio de Andrade, Luis Sá Cunha, trad. Yao JingMing...[et al.]. Macau, Universidade de Macau, 1998, 210 p., il., desdobr., português/chinês/inglês
  • Com Palavras Amo. Antologia. Selecção e trad. Yao Jingming. Macau, Instituto Cultural de Macau, 1990, 113 p., português/chinês
  • Macau, de Ana Esquível. Selecção de textos e prefácio de Eugénio de Andrade. Macau, Governo de Macau, 1990, 210 p., il., inglês
  • Ostinato Rigore. Version française Bruno Tolentino / Robert Quemserat, des. Armando Alves. Porto, Editorial Inova, 1971, 73 p.+24 f., em capa, il., português/francês
  • Outro Nome da Terra (O). Trad. Yao Jingming. Macau, Instituto Cultural de Macau/Montanha das Flores, 1994, 120 p., português/chinês
  • Poeta, a Cidade e o Mar (O) = The Poet, the City and the Sea, desenhos de Carlos Marreiros. Textos de Eugénio de Andrade, Luis Sá Cunha. Trad. Yao JingMing...[et al.]. Macau, Universidade de Macau, 1998, 210 p., il., português/chinês
  • Quinze Poemas = Quinze Poemes. Trad. Alex Susanna, Vicent Berenguer i Manuel Guerrero i Brullet. Porto, Câmara Municipal do Porto, 1992, 42 p., il., português/catalão
Eugénio de Castro
  • Die Forelle. Trad. Margarete Kuehne. Coimbra, Coimbra Editora, 1935, 16 p., alemão
  • Dona Briolanja and other poems from the Portuguese of Eugénio de Castro. Trad. Leonard S. Downes. Lisboa, [s.n.], 1944
  • Dona Briolanja and Other Poems. Trad. Leonard S. Downes. Lisboa, [s.n.], 1944, 51 p.
  • Konstanze. Ubertragung von Margarete Kuhne. Coimbra, Coimbra Editora, 1935, 42 p.
  • Prologue de Sagramor. Poème Portugais. Publié para Leopoldo Battistini. Coimbra, F. França Amado, 1897, 22 p.
  • Salomé. Trad. Margarete Kuehne. Coimbra, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 1934, 30 p., il., alemão
  • Salomé. Uebertragung von Margarete Kuehne. Coimbra, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra - Instituto Alemão da Universidade de Coimbra, 1934, 30 p., il.
Fernando Pessoa
  • Epitáfio de Bartolomeu Dias = Epithafh for Bartholomeu Dias. In Portugueses Poems and Translations, de Leonard S. Downes. Lisboa, Edição de Autor, 1947, pp. 44
  • 35 Sonetos Ingleses. (Homenaje 1888-1988). Ed. Esteban Torre. Braga, Universidade do Minho, Centro de Estudos Lusíadas, 1988, 119 p., espanhol/inglês
  • 35 Sonnets. Lisboa, Monteiro & Co., 1918, 20 p.
  • Antinoo = Antinous. A Poem. Lisboa, Monteiro & Co., 1918, 16 p.
  • Antinoo = Antinous. Trad. Luís Nogueira. Lisboa, Fenda, 1988, 33 p., português/inglês
  • Antologia Poética de Fernando Pessoa. Ed. Jin Guo Ping/Gonçalo Xavier. Macau, Instituto Cultural de Macau, 1986, 150 p., português/chinês
  • Antologia Poética de Fernando Pessoa. Ed. Jin Guo Ping / Gonçalo Xavier. Macau, Instituto Cultural de Macau, 1986, 150 p., português/chinês.
  • Antologia. Ed. Zhang Weimin. Macau, Instituto Cultural de Macau, 1988, 447 p., português/chinês
  • Aux Volets de Votre Rêve Épanoui (1º verso). In Os inéditos de Fernando Pessoa e os Critérios do Dr. Gaspar Simões, de Jorge Nemésio. Lisboa, Eros, 1957, pp. 70-71
  • Carmina Pessoana. 35 poemas de Fernando Pessoa em latim. Ed. Silva Bélkior. Lisboa, Edição do Autor, 1985, 79 p., português/latim
  • Death in Life, de Alexander Search.In Actas do I Congresso Internacional de Estudos Pessoanos. Porto, Brasília Editora/Centro de Estudos Pessoanos, 1979, pp. 699
  • Epitáfio de Bartolomeu Dias = Epithafh for Bartholomeu Dias. In Portugueses Poems and Translations, por Leonard S. Downes. Lisboa, Edição de Autor, 1947, pp. 44
  • Fernando Pessoa e o Mar Português. Coord. Alexandrino Severino. Porto, Fundação Eng. António de Almeida, 1988, 207 p., il., português/inglês
  • Fernando Pessoa, a Galaxy of Poets. 1888-1935. Presented by the London Borough of Camden in Association with the Portuguese Ministries of Foreign Affairs and Culture. Intr. José Blanco. Lisboa, s.n., 1985 (Lisboa, Mirandela & C"), 119 p., il., inglês
  • Fernando Pessoa. Esoterische Gedichte. Mensagem = Botschaft. Englische Gedichte. Trad. Georg Rudolf Lind. Porto, Edicões ASA, 1991, português/alemão
  • Fernando Pessoa. Self-Analysis and Thirty Other Poems. Trad. George Monteiro. Lisboa, Calouste Gulbenkian Foundation, 1988, 89 p., português/inglês
  • Fernando Pessoa. Una sola moltitudine. Trad. Antonio Tabucchi. Porto, Edições ASA, 1988, português/italiano
  • Grande Alma Portuguesa (A). A Carta ao Conde de Keyserling e Outros dois Textos Inéditos. Trad., ed. Pedro Teixeira da Mota. Lisboa, Edições Manuel Lencastre, 1988, 109 p., il.
  • Homenagem a Vasco da Gama. Por Stéphane Mallarmé, Hölderlin e Fernando Pessoa. Comemt. José Augusto Seabra, Maria Teresa Dias Furtado. Lisboa, Assírio & Alvim/Fundação Oriente, 1998, 35 p., il., 35 cm. Ed. comemorativa do V Centenário do descobrimento do caminho marítimo para a Índia, 1498-1998
  • Indícios de Oiro. Porto, Tip. J. R. Gonçalves, 1951-1952, 7 fasc. 1º fasc., O conto do vigário / Fernando Pessoa. 2º fasc., Canção da felicidade / António Nobre. 3º fasc., O mais belo livro português dos últimos 30 anos 1884-1914. Trad. Mário de Sá-Carneiro. 4º fasc., 2 sonetos ingleses / Fernando Pessoa ;Alberto Uva. 5º fasc., O fado / Fernando Pessoa. 6º fasc., Inscrições / Fernando Pessoa; do inglês por Manuel de Sousa Tropa. 7º fasc., Zagoriansky / Mário de Sá-Carneiro.
  • Inscriptions = Inscrições. Trad. Manuel de Sousa Tropa. Ed. privada. Porto, s.n., 1952 (Porto, Tip. J. R. Gonçalves), 6 p.
  • Inscriptions = Inscrições. Trad., not. Gualter Póvoas, intr. Francisco Peixoto Bourbon. Odivelas, Europress, 1992, 95 p., il., inglês/português
  • Epitáfio de Bartolomeu Dias = Epithafh for Bartholomeu Dias. In Portugueses Poems and Translations, de Leonard S. Downes. Lisboa, Edição de Autor, 1947, pp. 44
  • Mare Nostrum. In Portuguese poems and translations, by Leonard S. Downes. Lisboa,  Edição de Autor, 1947, pp. 43
  • Lisboa, O que o Turista deve Ver = Lisbon, what the Tourist Should See. Pref. de Teresa Rita Lopes, trad. Maria Amélia Santos Gomes. Lisboa, Livros Horizonte, 1992, 133 p., il., português/inglês
  • Louco Rabequista. Trad. not. José Blanc de Portugal. Lisboa, Presença, 1988, 127 p., português/inglês
  • Mar Português. Doze Poemas de Fernando Pessoa. Ed. Direcção dos Serviços de Educação e Juventude. Macau, D.S.E.J., 1999, XIV p. Ed. fac-similada
  • Mar Português. Epitáfio de Bartolomeu Dias. Trad. Leonard Downes. In Portuguese Poems and Translations. Lisboa, 1947, inglês
  • Mar Portuguez. Doze Poemas. Macau, Imprensa Nacional, 1936, XIV+3 p.
  • Mar sem Fim (O). Poemas de Mensagem = The Boundless Sea. Poems from Mensagem. Trad. Edwin Honig e Susan M. Brown. Lisboa, Instituto Português do Património Arquitectónico, 2000, 59 p., il., português/inglês
  • Marinheiro (O). Trad., il. Luís Filipe Cunha. Lisboa, EXPO'98, 1997, 41 p.
  • Mensagem = Message. Trad. Bernard Sesé. Porto, Edições ASA, 1988 e 1991, espanhol
  • Mensagem de Fernando Pessoa. Trad. Jing Guo Ping. Porto, Edições ASA, 1991, português/chinês
  • Mensagem. Fot. Jorge Barros; design João Machado; pref. José Augusto Seabra; Trad. Roxana Eminescu. Porto, Edições ASA, 1988, 243 p., il., português/espanhol/francês/italiano/romeno
  • Mensagem. Trad. Bernard Sesé / António Tabucchi / Roxana Eminescu, fot. Jorge Barros, design. João Machado, pref. José Augusto Seabra. Porto, Edições ASA, 1988, 243 p., il., português/francês/italiano/romeno/espanhol
  • Mensagem. Trad. Jing Guo Ping. Macau, Instituto Cultural de Macau, 1986, 133 p., português/chinês
  • Mensagem. Trad. Jing Guo Ping. Porto, Edições ASA, 1991, português/chinês
  • Mensagem. Trad. Luís Gonzaga Gomes. Macau, Imprensa Nacional de Macau, 1959, 105 p., português/chinês
  • Obras em Prosa. Org. João Gaspar Simões; il. Júlio Pomar e Jorge Colombo, trad. Maria Lucília Filipe e Cristina Rodriguez. Lisboa, Círculo de Leitores, 1987, 5 vols., il.
  • Ode Marítima = Maritime Ode. A Poem by Álvaro de Campos. Trad. Richard Zenith. Lisboa, Assírio & Alvim 1997, 54 p.
  • Ode Marítima. Trad. Orietta del Bene. Lisboa, Instituto Italiano de Cultura, "Estudos Italianos em Portugal" n.os 33-34-35., 1970-71-72, italiano
  • Odes Marítimas = Odes maritimes. Lisboa, Assíro & Alvim/Michel Chandeigne/Casa Fernando Pessoa, 1997, 136 p., il., português/francês
  • Oito Poemas Ingleses Inéditos, de Fernando Pessoa. Coment. George Rudolf Lind; e em versão portuguesa de Paulo Quintela. Lisboa, Império, 1968, pp. 286-287
  • Orpheu e a Literatura Portuguesa (O). Trad. Tomaz Kim. Lisboa, Separata de «Tricórnio» [Imprensa Libânio de Silva], 1953, 14 p. Ed. especial, português/inglês
  • Páginas de Estética e de Teoria e Crítica Literárias. Ed. Georg Rudolf Lind / Jacinto do Prado Coelho, trad. do inglês Jorge Rosa. Lisboa, Ática, 1967, XXXV+381 p.
  • Poemas. Trad., il. Aurélio Mesquita. Porto, Lab. Bial, 1992, 19 p., il.
  • Poems of Fernando Pessoa. Trad. Edwin Honig e Susan M. Brown. Porto, Edições Asa, 1991, inglês
  • Poesia di Fernando Pessoa (La). Trad Luca Frediani. Lisboa, Instituto Italiano de Cultura, “Estudos Italianos em Portugal”, Nº 14-15, 1955-1956, 46 p., italiano
  • Poesia em Lisboa'98 = Poetry in Lisbon'98 = Poésie à Lisbonne'98. Lisboa, Casa Fernando Pessoa, P.E.N. Clube Português, 1998, 154 p., il., francês/inglês
  • Portuguese Essays (Trad. 7 poesias de Fernando Pessoa e 2 poemas de Alberto Caeiro). Trad. Joseph Luke-Agneta. In Américo da Costa Ramalho, Portuguese Essays. Lisboa, s.d. [1963] , inglês
  • Privilégio dos Caminhos (O) = Le Privilège des Chemins. (Teatro). Ed. Teresa Rita Lopes. Lisboa, Rolim, 1988. 97 p., português/francês
  • Saudação a Walt Whitman. Trad. Célia Henriques e Vitor Silva Tavares. Lisboa, & Etc., 1987, 45 p.
  • Self-Analysis and Thirty Other Poems. Trad. George Monteiro. Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 1988, 91 p., português/inglês.
  • Tabacaria = Bureau de Tabac = Estanco = Tabaccheria = Tobacconist’s. Trad. Armand Guibert... [et al.]. Lisboa, Guerra e Paz, 2006, 127 p., il., ed. mutilingue
  • Tabacaria = Bureau de Tabac. Poème. Trad. A. Casais Monteiro e Pierre Hourcade, préf. A. Casais Monteiro, il. Fernando de Azevedo. Lisboa, Editorial Inquérito, 1952, 35 p., 4 f., il., português/francês
  • Tabacaria = The Tobacconist's. A Poem. Trad. Suzette Macedo. Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 1987, 15 p., português/inglês
  • Tòrni a l'Ostau e Barri la Fenèstra. Trad. en occitan de Joan-Ives Casanòva. Lisboa, Edição de Autor, 2000, 1 p. Poema de Fernando Pessoa, traduzido e manuscrito em occitanos por Joan-Ives Casanòva
Fernão Mendes Pinto
  • Fernão Mendes Pinto and the Peregrinação. Studies, restored portuguese text, notes and indexes. Ed. Jorge Santos Alves / Carla Alferes Pinto, trad. Kevin Rose, Richard Trewinnard. Lisboa, Fundação Oriente / INCM, 2010, 4 vols.
Ferreira de Castro
  • Missão (A). Trad. Chui Ui Xiao. Macau, Instituto Cultural de Macau, 1987, 56 p., chinês
Gil Vicente
  • Auto da Barca do Inferno = The Ship of Hell, by Gil Vicente. Trad. A. F. Gerald. Lisboa, Agência Geral do Ultramar, 1954, 35 p.
  • Auto da Índia = Les Indes. Trad. Claude-Henri Freches. Lisboa, Bertrand, “Bulletin des Études Portugaises”, Nº 19, 1956, 23 p.
  • Barca do Inferno (A) = La Barque d'Enfer. Claude-Henri Frèches. Lisboa, Instute Français au Portugal, 1955, 38 p.
  • Comedia del Viudo. Lisboa, Centro de Estudos Filológicos, 1962, 93 p.
  • Das Spiel von den Seele.Ed. Margarete Kuhne. Coimbra, Instituto Alemão da Universidade de Coimbra, 1935, 31p.
  • Deux Autos Méconnus de Gil Vicente. Ed. I. S. Révah. Lisboa, Edição de Autor (Lisboa, Tip. Ottosgráfica), 1948, 92 p.
  • Geistliche Spiele, de Gil Vicente. Ed. Margarete Kühne. Coimbra, Instituto Alemão da Universidade de Coimbra, 1940, 182 p.
  • Inês Pereira. Das Spiel von der seele. Eine Posse, Gil Vicente. Trad. Moriz Rapp / Margarete Kühne. Coimbra, Teatro dos Estudantes da Universidade de Coimbra, 1952, 49+6 p.
  • Trilogia das Barcas = Trilogie des Barques. Trad., pref. Andrée Crabbé Rocha. Coimbra, Teatro dos Estudantes da Universidade de Coimbra, 1958, XI+85 p.
  • Visitação e Auto Pastoril. Notas de Marques Braga. Porto, Centro Albuquerque e Castro, 1978, 97 p., espanhol
Guerra Junqueiro
  • Liriche (Tragédia Infantil: Oração ao Pão: Oração à Luz). Trad. Abner Petrone. Coimbra, Coimbra Editora, 1943, 141 p.
  • Mysticae Nuptiae. Poemeto.Coimbra, Imprensa da Universidade, 18--, 20 p.
  • Simples (Os) = I Simplici. Trad. Abner Petrone. Coimbra, Universidade de Coimbra - Faculdade de Letras, 1943, 1 vol.
J. P. Oliveira Martins
  • Emigration Portugaise (L’). [S.l. : s.n., 194-, 16 p.
Jaime Cortesão / Raúl Proença
  • Idée générale sur les nouvelles régles de catalogation des bibliothéques portugaises. Lisboa, Biblioteca Nacional, 1923, 39+3 p.
Jaime Cortesão
  • Expansion des Portugais dans l'Histoire de la Civilisation (L’). Lisboa, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1983, 78+9 p., il.
  • Expansion des Portugais dans l'Histoire de la Civilisation (L’). Publicação integrada na Exposition Internationale d'Anvers. Lisboa, Agência Geral das Colónias, 1930, 79 p., il.
  • Traité de Tordesillas et la découverte de l'Amérique (Le). Lisboa, Biblioteca Nacional, 1926, 50 p. Comunicação ao 22º Congrés International des Américanistes, Roma, 1926
João de Barros
  • Aphorismos, y exemplos politicos, y militares sacados de la primera Decada de Juan de Barros. Ed. Fernando Alvia de Castro... En Lisboa, por Pedro Craesbeeck, 1621, 14+98 f.
Jorge de Sena
  • Físico Prodigioso (O). Trad. Jin Guo Ping. Macau, Instituto Cultural de Macau, 1988, 216 p.
  • Genesis. Contos. Trad. Wu Zhiliang. Macau, Instituto Cultural de Macau, 1986, 34+46 p., português/chinês
  • Inglaterra Revisitada = England Revisited. Trad. Cristopher Damien Auretta. Lisboa, Calouste Gulbenkian Foundation, 1986, 91+2 p.
  • Portuguese Poetry After Pessoa: José Régio, Vitorino Nemésio, Miguel Torga, Jorge de Sena, Carlos de Oliveira, Alexandre O'Neill, David Mourão-Ferreira, Ruy Belo, Luiza Neto Jorge. Trad. Richard Zenith. Lisboa, Contexto, 1998, 124 p.
José Gomes Ferreira
  • Four Poems + Deux Poèmes. Trad. Jean R. Longland, ...[et al.]. Lisboa, P.E.N. Clube Português, 2000, 8 p.
José Régio
  • Portuguese poetry after Pessoa: José Régio, Vitorino Nemésio, Miguel Torga, Jorge de Sena, Carlos de Oliveira, Alexandre O'Neill, David Mourão-Ferreira, Ruy Belo, Luiza Neto Jorge. Trad. Richard Zenith. Lisboa, Contexto, «Tabacaria», Nº 4 (Ed. dedicada a Frankfurter Buchmesse), 1997, 124 p.
José Saramago
  • Peregrina (A) = La Peregrina. Pról. José Saramago, trad. Miranda das Neves. Lisboa, Teorema, 2001, 178 p.
  • Conto da Ilha Desconhecida (O) = The Tale of the Unknown Island. Des. Pedro Cabrita Reis, trad. Christine Robinson. Lisboa, Pavilhão de Portugal - Expo'98/Assírio & Alvim, 1997, 35 p., il.
  • Estátua e a Pedra (A). O autor explica-se. Ed. Fundação José Saramago. Lisboa, Fundação José Saramago, 2013, 111 p. português/espanhol
  • Saga-Fuga de J. B. = La saga-fuga de J. B. Pref. José Saramago, trad. Cristina Rodriguez / Artur Guerra. Lisboa, Dom Quixote, 1992, 551 p.
  • Digam-me como é uma Árvore. Dos Cárceres Franquistas à Liberdade = Decidme cómo es un árbol : memoria de la prisión y la vida. Pról. José Saramago, trad. Maria do Carmo Abreu. Lisboa, Guerra & Paz, 2009, 382 p.
  • Memorial do Convento.Trad. Fan Wei Xin, coord. Ana Paula Laborinho, apres. Maria Luísa Leal. Macau, Instituto Cultural de Macau/Editora Montanha das Flores, 1996, 374 p., il., chinês
Lídia Jorge
  • Bosques e Matas de Portugal = The Woodlands and Forests of Portugal. Fot. Nuno Calvet, textos Lídia Jorge, Pedro Castro Henriques. Lisboa, Edição de Autor, 1997, 158 p., il., português/inglês
  • Organista (O) = The Organist. Trad. Eeva Tuuhea. Lisboa, Dom Quixote, 2014, 43+2 p., português/inglês
Luís de Camões
  • Alma Minha Gentil. Lisboa, Alfredo de Carvalho, [Tip. Elzeviriana], 1886, 46 p., tradução do poema em várias línguas
  • Alma Minha Gentil. Porto, Imprensa Ferreira de Brito, 1883, 4 f. Texto em português da edição de Theophilo Braga e Ferreira de Brito. Texto em alemão de Wilhelm Storck
  • Alma Minha Gentil. Trad. Ippolito Gallant / Manuel de Azevedo. Coimbra, Faculdade de Letras, «Biblos», N.º 9, 1933, pp. 235-236, latim
  • Alma Minha Gentil. Uma Tradução inedita em latim do Alma Minha Gentil. Ed. Xavier da Cunha. Coimbra, Universidade de Coimbra, 1904, 15 p., latim
  • Amador e Amada. Poemas da «Lírica» = Poems from Lyric - The Lover and the Beloved. Dir. Isabel Cruz Almeida, pref., sel. Maria Leonor Carvalhão Buescu, coord. Isabel Melo / Leonor Antunes / Teresa Saldanha, trad. Richard Burton... [et al. ]. Lisboa, IPPAR - Mosteiro dos Jerónimos, 2001, 82 p., il., português/inglês
  • Camoníon Epígramma. Trad. Francisco da Luz Rebelo Gonçalves. Lisboa, Imprensa Nacional, «Evphrosyne», N.º 4, 1970, pp. 387, inglês
  • Língua de Camões (A). Ed- Carmo Eduardo da Silva / Roque A. S. Mascarenhas Colectânea. Margão, Goa, R.V. Sirvoicar, 1955, 212 p.
  • Dalle Rime. (Supplemento). Testi originali del volume tradotto da Ricardo Averini. Lisboa, Instituto Italiano de Cultura, 1979, 117 p.
  • Endechas a Bárbara = Stanzas to a Barbarian Slave. Trad. Edouard Roditi, il. de João Cutileiro. Lisboa, Isaac Holly, 1984, 17 p., 3 serigrafias, il., português/italiano
  • Endechas a Barbara Escrava. Trad. Lamberto Gil. Elvas, Grupo de Amigos do Museu e da Biblioteca de Elvas, 1924, 8 p., português/espanhol
  • Endechas de Camões a Barbara Escrava. Trad. Pedro Augusto de Melo de Carvalho Monteiro e A. L. dos Santos Valente. Lisboa, Imprensa Nacional, 1894, 11 p., português/grego
  • Estrophe dos Lusíadas com a Versão Siciliana (Uma). Compil. Arnaldo Lemos. Porto, Typographia Elzeviriana, 1884, 6 p., português/siciliano
  • Estrophe dos Lusíadas com Versão Italiana (Uma). Compil. Arnaldo Lemos. Porto, Typpographia de Fraga Lamares, 1885, 8 p., português/italiano
  • Flores de poesia portugueza. Trad. Prospero Peragallo. Lisboa, Empresa do Ocidente, 1893. 81 p. Camões, p. 25-37, italiano
  • Inês de Castro. Épisode des Lusiades. Trad. en vers hébreux revue par mr. le grand-Rabbin Lazare Eliezer Wogue. Présenté a la 10éme session du Congrés International des Orientalistes par Joseph de M. Benoliel. Lisbonne, Impr. Nacionale, 1892, XI+24 p., português/hebraico
  • Inês de Castro. Episódio de «Os Lusíadas» de Luís de Camões. Trad. Riccardo Averini. Lisboa, Comissão Executiva do IV Centenário da Publicação de «Os Lusíadas», 1972, 22 p.
  • Inês de Castro. Episódio Extraído do Canto Terceiro do Poema Épico «Os Lusíadas». Luís de Camões. Lisboa, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1990, 98 p. Edição em quinze línguas. Fac-simile da edição de 1873, acrescida da versão japonesa
  • Lusíadas (Os).Trad. J. J. C. Donner, pref. Otto von Leixner. Lisboa, Edições Delfos, 1972, 361 p., alemão
  • Lyricas, de Luiz de Camões. Trad. José Benoliel, pref. Xavier da Cunha. Lisboa, Sociedade de Geografia, 1898, 131 p., espanhol / francês / português. Ed. da Comissão Executiva do Centenário da Índia
  • MORT D' INES DE CASTRO; ET ADAMASTOR. MORCEAUX TIRÉS ET TRADUTS DE LA LUSIADE DE CAMÕES (La). Lisboa, L' Imprimerie Royale, 33 p., francês
  • Os Lusíadas = A Ilha Dos Amores. Elegantissimas estancias do canto IX dos Lusiadas paraphraseadas em versos latinos por Francisco de Paula Santa Clara. Evora, Typ. Minerva, 1882, XII+46 p., latim
  • Os Lusíadas = A Lusiada de Luiz de Camões. Trad. Frei Francisco de Santo Agostinho Macedo. Rev. Antonio José Viale, publ. Venâncio Deslandes. Lisboa, Imprensa Nacional, 1880, XVII +478 p., 1 il., 24 cm., latim
  • Os Lusíadas = A Translation o f the Episode o f Inez de Castro from the Lusiad of Luis de Camões. With prefatory remarks. Porto, Tip. da Revista, 1844, 17 p.
  • Os Lusíadas = Adamastor. Lisboa, Casa Portugueza, 1897, 19 p., il., português/francês
  • Os Lusíadas = Alguns Excerptos dos Lusíadas/Excerpta Exepico Poemate. Trad. António José Viale. Lisboa, Imprensa Nacional, 1878, 78 p., 24 cm., português/latim
  • Os Lusíadas = De Portugal á India. A Viagem de Vasco da Gama. Trechos que mais se prendem com o assumpto, tirados do poema de Luiz de Camões «Os Lusiadas» acompanhados de versões em hespanhol, italiano, francez, allemão e inglez e colligidos por Ernesto Moreira de Sá. Lisboa, Typ. Castro Irmão, 1898, 493 p., il., est., ret., mapa desd. Edição dedicada á Marinha de Portugal, no 4.° centenário do descobrimento da Índia.
  • Os Lusíadas = Episodio da Ignez de Castro extrahido d’Os Lusiadas de Camões. Trad. Frei Francisco de Santo Agostinho de Macedo. Pref. Pereira Caldas. Porto, Empresa Editora d'Obras Classicas e Ilustradas, 1880, XXXVI+38 p., português/latim
  • Os Lusíadas = Episodio da Ilha de Venus, extrahido d’Os Lusiadas de Camões. Pref. José Joaquim da Silva Pereira Caldas, trad. Cournand. Braga, Sociedade Democrática Recreativa, 1880, 23 p., português/francês. Tricentenário de Camões, 10 de Junho de 1880
  • Os Lusíadas = Episódio de D. Inez de Castro (O). Excerpto do Canto III dos Lusíadas. Trad. António José Viale. Lisboa, Lallemant Fréres, 1875, 15 p., português/latim
  • Os Lusíadas = Episódio do Gigante Adamastor. Excerpto do Canto V dos Lusíadas. Trad. António José Viale. Lisboa, Lallemant Fréres, 1876, 27 p., português/latim
  • Os Lusíadas = Episodios de Ignez de Castro e Adamastor, extrahidos dos cantos III e V dOs Lusiadas. Trad. J. A. d'Escodeca de Boissé. Lisboa, Imprensa Nacional, 1865, 33 p., ret. de Camões, 28 cm., português/francês. «A impressão é nítida e luxuosa». «O tradutor era funcionário superior da imprensa do governo em Paris (então Imprensa Imperial)». Inocêncio Francisco da Silva, Diccionario bibliographico português, vol. 14, pp. 214.
  • Os Lusíadas = Estrophe d’Os Lusiadas dada a lume na Sicilia em Messina, em 1882, como espécimen de versão do portuguez (Uma). Pref. Pereira Caldas. Braga, Typ. de Bernardo A. de Sá Pereira, 1884, 16 p., dialecto siciliano
  • Os Lusíadas = Estrophe dos Lusíadas com a Versão Siciliana (Uma). Compil. Arnaldo Lemos. Porto, Typographia Elzeviriana, 1884, 6 p., português/siciliano
  • Os Lusíadas = Estrophe dos Lusíadas com Versão Italiana (Uma). Compil. Arnaldo Lemos. Porto, Typpographia de Fraga Lamares, 1885, 8 p., português/italiano
  • Os Lusíadas = Excerpta ex epico poemate a Ludovico Camonio composito quod Lusiadae inscribitur. Trad. Antonio José Viale. Lisboa, Imprensa Nacional, 1878. 78 p., latim
  • Os Lusíadas = Fragmentos d’Os Lusiadas e sonetos vertidos em Inglez. Trad. Amalia. Porto, Livraria Camões, 1887, XIV+60 p., inglês
  • Os Lusíadas = Gigante Adamastor (O). Episodio de «Os Lusíadas». Trad. Prospero Peragallo. Lisboa, Tip. Castro e Irmão, 1890, 1 vol., italiano
  • Os Lusíadas = Ignez de Castro, episodio extrahido do canto terceiro do poema epico Os Lusiadas. Ed. em portuguez, hespanhol, italiano, francez, inglez e allemão. Lisboa, Imprensa Nacional, 1862, 40 p., 3 f. il., 26 cm. "As traducções são respectivamente de Don Lamberto Gil, A. Briccolani, Florian, Ed. Quillian, Donner". José do Canto, Collecção camoneana, pp. 61, n. 420
  • Os Lusíadas = Ignez de Castro, episodio extrahido do canto terceiro do poema epico Os Lusiadas. Ed. em quinze línguas. Lisboa, Imprensa Nacional, 1880, 82 p., ret. Texto em português, latim, espanhol, italiano, francês, inglês, alemão, holandês, sueco, dinamarquês, húngaro, boêmio, polaco, russo, romeno
  • Os Lusíadas = Ignez de Castro. Episodio Extrahido do Canto Terceiro do Poema Epico Os Lusiadas. Ed. em Sete Línguas. Lisboa, Imprensa Nacional, 1880, 50 p., 2 f. de fac.-simile
  • Os Lusíadas = Ignez de Castro. Episodio extrahido do canto terceiro do poema epico Os Lusiadas. Ed. em catorze línguas. Lisboa, Imprensa Nacional, 1873, 82 p., il.
  • Os Lusíadas = Ilha dos Amores (A). Elegantissimas estancias do canto IX d’Os Lusiadas paraphraseadas em versos latinos por Francisco de Paula Santa Clara. Evora, Typ. Minerva, 1882, XII+46 p., latim
  • Os Lusíadas = Imitação do Episodio do Canto Terceiro d’Os Lusiadas em versos latinos por Francisco de Paula Santa Clara. Coimbra, Imprensa Litteraria, 1875, X+64 p., português/latim
  • Os Lusíadas = Inês de Castro. Épisode des Lusiades. Trad. Lazare Eliezer Wogue. Présenté a la 10éme session du Congrés International des Orientalistes par Joseph de M. Benoliel. Lisboa, Imprensa Nacional, 1892, XI+24 p., português/hebraico
  • Os Lusíadas = Inês de Castro. Episódio de «Os Lusíadas» de Luís de Camões. Trad. Riccardo Averini. Lisboa, Comissão Executiva do IV Centenário da Publicação de «Os Lusíadas», 1972, 22 p., italiano
  • Os Lusíadas = Inês de Castro. Episódio Extraído do Canto Terceiro do Poema Épico Os Lusíadas. Edição em Catorze Línguas. Fac-Similada da Edição de 1873. Lisboa, Imprensa Nacional, 1972, 91 p., 1 il.
  • Os Lusíadas = Inês de Castro. Episódio Extraído do Canto Terceiro do Poema Épico «Os Lusíadas». Lisboa, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1990, 98 p. Edição em quinze línguas. Fac-simile da edição de 1873, acrescida da versão japonesa
  • Os Lusíadas = La Mort d'Ines de Castro et Adamastor. Morceaux tirés et traduits de la Luziada de Camoens pour servir d'essai a une traduction françoise en vers et complete de ce fameux poëme portugais... par Sulpice Gaubier de Barrrault. Lisboa, Imprensa Real, 1772, 33 p., francês
  • Os Lusíadas = Les Lusiades.Chant Primier. Trad. Henri de Courtois. Lisboa, Imprensa Nacional, 1887, 79 p., português/francês. Edition commemorative du septieme anniversaire du tricentenaire de Camões
  • Os Lusíadas = Les Lusiades de Louis de Camoëns. Trad. Hyacinthe Garin. Lisboa, Companhia Nacional Editora, 1889, 338 p., 1 retrato de Camões e outro de Vasco da Gama, francês
  • Os Lusíadas = Les Lusiades, chant primier, Luís de Camões. Trad. Henri de Courtois. Edition commemorative du septieme anniversaire du tricentenaire de Camões. Lisboa, Imprensa Nacional, 1887, 79 p., francês
  • Os Lusíadas = Les Lusiades, de Luis de Camões. Trad. Roger Bismut. Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 1961, XXIV +384 p., 1 retrato de Camões
  • Os Lusíadas = Les Lusiades, de Luiz de Camões. Trad. Roger Bismut. Lisboa, Institut Français au Portugal, 1954, XXIII+446 p., 1 retrato de Camões, 1 mapa com a rota de Vasco da Gama a dupla p. e 1 il., 23 cm. Excelente trad. em francês levada a cabo por um dos melhores conhecedores da obra camoniana
  • Os Lusíadas = Les Lusiades. Trad., intr., not. Roger Bismut, apres. José V. de Pina Martins. Paris Fundação Calouste Gulbenkian; Lisboa, Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses, 1992, LV+725 p., il., português/francês
  • Os Lusíadas = Ludouici Camoenij, Lusitani. Libri X. Trad. Andrea Baiano. Lisboa, M.D.CXXV, 2+383 p., latim
  • Os Lusíadas = Luiz de Camões. Trechos dos Lusíadas e poesias em português e inglês. Intr. biográfica de Camões. Macau, Imprensa Nacional, 1936. 50 p., português/chinês
  • Os Lusíadas = Lusiadae. Ludovici Camonii. Trad. Clemente de Oliveira, intérprete. Lisboa, Bibliopolam Fluminensem, 1983, XXIV+394 p., 25 cm., retr. Camões, latim
  • Os Lusíadas = Lusiadas de Camões. Trad. Duque de Palmela, D. Pedro de Sousa Holstein, pref. Pereira Caldas. Porto, Avelino Antonio Mendes Cerdeira, 1880, XXI +179 p., 26 cm., francês
  • Os Lusíadas = Lusíadas de Luis de Camoens. Commentadas por Manuel de Faria y Sousa. Madrid, Pedro Coello, 1639, 4 tomos (reprodução facsimilada). Lisboa, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1972, 2 vols., espanhol
  • Os Lusíadas = LVSIADA ITALIANA DI CARLO ANTONIO PAGGI, NOBILE GENOVESE, POEMA EROICO DEL GRANDE LVIGI DE CAMÕES, PORTOGHESE, Prencipe de’ Poeti delle Spagne, ALLA SANTITA DI NOSTRO SIGNORE PAPA ALESSANDRO SETTIMO. LISBONA. Com tutte le licenze. Per Henrico Valente de Oliueira. 1658, 24+192 fls., 131 mm X 77 mm., italiano. (Formosa ed. em peq. formato, apta a divulgar mais facilmente na Itália, apesar de a impressão ser portuguesa, o texto do poema camoniano, canto de «questo nuovo Virgilio», como lhe chama o tradutor na carta a Alexandre VII.)
  • Os Lusíadas = LVSIADA ITALIANA DI CARLO ANTONIO PAGGI, NOBILE GENOVESE. POEMA HEROICO DEL GRANDE LVIGI DE CAMOẼS, PORTOGHESE, Prencipe de’ Poeti delle Spagne. ALLA SANTITA DI NODTRO SIGNORE PAPA ALESSANDRO SETTIMO. LISBONNA. Con tutte le licenze. Seconda impressione emendata dagl’ errori trascersi nella prima. Per Henrico Valente de Oliueira, 1659, 22+192 fls., 129 mm X 75 mm. (2.ª ed. da versão italiana publicada no ano anterior. Pequenas diferenças nos fls. preliminares.)
  • Os Lusíadas = LVSIADVM LIBRI DECEM. AVTHORE DOMINO FRAtre Thoma de Faria, Episcopo Targensi, Regioque consiliario, Ordinis Virginis Mariae de Monte Carmeli, Doctore Theologo, Vlyssiponensi. [Brazão episcopal]. Cum facultate Superiorum. VLYSSIPONE. Ex Officina Gerardi de Vinca. Anno 1622. [7] +179 p., 140 mm X 95 mm, latim. (José do Canto considera «criminoso silêncio» o facto de não se mencionar nesta obra nem uma única vez o nome de Camões ou o título de Os Lusíadas. Na realidade, Tomé de Faria, apesar da sua dignidade episcopal, não tinha poderes para reivindicar como seu o que não lhe pertencia de direito.)
  • Os Lusíadas = O Adamastor. Lisboa, Typ. da Casa Portuguesa, 1897, 19 p., 27 cm., português/francês
  • Os Lusíadas = O Episódio de D. Inez de Castro. Excerpto do Canto III dos Lusíadas. Trad. António José Viale. Lisboa, Lallemant Fréres, 1875, 15 p., português/latim
  • Os Lusíadas = O Gigante Adamastor. Episodio de «Os Lusíadas». Trad. Prospero Peragallo, pref. Xavier da Cunha. Lisboa, Tip. Castro e Irmão, 1890, XIXI+19 p., 32cm., português/italiano
  • Os Lusíadas = O Primeiro Canto dos Lusiadas. Trad. para inglês de James Edwin Hewitt. Lisboa, Imprensa Nacional, 1881, 40 p., 28 cm. (Recordação do Tricentenário de Camões.)
  • Os Lusíadas = Os Lusíadas Contados às Crianças e Lembrados ao Povo. Adapt. em prosa de João de Barros, trad. L. G. Gomes e Tcheung Iek Tchi. Macau. Imprensa Nacional, 1972, 90 p., il, 20 cm. Edição da Comissão Executiva do IV Centenário da Publicação de «Os Lusíadas»
  • Os Lusíadas = Os Lusíadas Contados às Crianças e Lembrados ao Povo. Adapt. em prosa de João de Barros, trad. L. G. Gomes e Tcheung Iek Tchi. Macau, Comissão dos Centenários da Fundação e Restauração, Imprensa Nacional, 1942, 61 p, il.
  • Os Lusíadas = Os Lusíadas Postos em Prosa por João de Barros. Trad. Li Shunbao Wang Qianli, Soong Oing Ling. Macau, [Tip. Kava], 1980, 66 p.
  • Os Lusíadas = Os Lusíadas Contados às Crianças e Lembrados ao Povo. Adapt. em prosa de João de Barros, Trad. L. G. Gomes e Tcheung Iek Tchi. Macau. Imprensa Nacional, 1972, 90 p., il. Edição da Comissão Executiva do IV Centenário da Publicação de «Os Lusíadas»
  • Os Lusíadas = Os Lusíadas Contados às Crianças e Lembrados ao Povo. Adapt. em prosa de João de Barros, Trad. L. G. Gomes e Tcheung Iek Tchi. Macau, Comissão dos Centenários da Fundação e Restauração, Imprensa Nacional, 1942, 61 p, il.
  • Os Lusíadas = Os Lusíadas Postos em Prosa por João de Barros. Trad. Li Shunbao Wang Qianli, Soong Oing Ling. Macau, [Tip. Kava], 1980, 66 p.
  • Os Lusíadas = Os Lusíadas, Poema Épico em Dez Cantos. Trad. Fernando de Azevedo, pról. Manuel Pinheiro Chagas, des. Soares dos Reis, grav. J. Pedroso, dir. Duarte Joaquim dos Santos e Aristides Abranches. Lisboa, Imprensa Nacional, 1878, XXXVIII+337 p., il., 33 cm., português/francês
  • Os Lusíadas = Os Lusiadas. Trad. Frei André Baião, natural da Índia Portuguesa. Fac-símile do manuscrito único existente na BN. Pref. Justino Mendes de Almeida. Lisboa, Junta de Investigações do Ultramar, 1972, XI+383 p., 22 cm., latim. Edição Comemorativa do IV Centenário da Publicação de «Os Lusíadas», latim
  • Os Lusíadas = Os Lusiadas. Poema Epico em dez Cantos por Luiz de Camões. Trad. Fernando de Azevedo, prol. Pinheiro Chagas. Desenhos de Soares dos Reis. Gravs. de J. Pedroso. Lisboa, Imprensa Nacional, 1878, XXXVIII+337 p., 1 retrato do poeta, 10 ils., português/francês.
  • Os Lusíadas = Os Lusíadas. Cantos 1.º, 2.º e 3.º. Trad. Duque de Palmela, D. Pedro de Sousa Holstein, pref. Pereira Caldas. Porto, Typ. Central, 1880, 8º, português/francês. Publicação Vimarense em solenisação literária do tricentenário de Luís de Camões em 10 de Junho de 1880.
  • Os Lusíadas = Os Lusíadas. Trad. J. J. C. Donner, com uma Introdução de Otto Von Leixner. Lisboa, Edições Delfos, 1972, 361 p., 2 fl., 25 cm.
  • Os Lusíadas = Os Luziadas. Trad. Pedro de Sousa Holstein, duque de Palmela, pref. Pereira Caldas. Porto, Typ. Central, 1853, XXI+179 p., português/francês. Tricentenário de Camões
  • Os Lusíadas = Primeiro Canto d’Os Lusiadas (O). Trad. James Edwin Hewitt. Lisboa, Imprensa Nacional, 1881, 8+40 p., 27 cm., inglês. Recordação do tricentenário de Camões.
  • Os Lusíadas = Seis Estrophes do episodio do Adamastor, extrahido d’Os Lusiadas. Com a versão hispanhola de D. Patricio de la Escosura inedita ainda, antecedidas de um preambulo do Prof... Pereira Caldas. Braga, Typ. Lealdade, 1881, 33 p.
  • Os Lusíadas = The Lusiad of Camoens. Trad. Robert French Duff. Lisboa, Matthew Lewtas, 1880, XLVIII+506 p., 1 retrato de Camões, outro de Vasco da Gama, 11 de outras personalidades da História de Portugal e 2 ils., inglês
  • Os Lusíadas = The Lusiads, translated into English spenserian verse. Lisbon, London, Philadelphia. Mathew Lewtas, Chatto & Windus, J.B. Lippincott, 1880, XLVIII+506 p.
  • Os Lusíadas = Tradución em Arabe de Algumas Estrophes d’Os Lusiadas por J. Pereira Leite Neto. Porto, «Annuario da Sociedade Nacional Camoneana», 1.º Ano, 1881, pp. 25-39, português/árabe
  • Os Lusíadas = Translation o f the Episode o f Inez de Castro from the Lusiad of Luis de Camões. With prefatory remarks (A). Porto, Tip. da Revista, 1844. 17 p.
  • Os Lusíadas = Tres Estrophes d’Os Lusiadas de Camões, em lingua armenia pelo religioso Mehitherioto Arsenio Ghazik. Pref. Pereira Caldas. Braga, 1900, 3 p., arménio
  • Os Lusíadas = Três Excerptos dos Lusíadas. Trad. António José Viale. Lisboa, Lallemant Fréres, 1875, XVI+19 p., português/latim
  • Os Lusíadas = Uma Estrophe dos Lusiadas, dada a lume na Sicilia em Messina, em 1882, como espécimen de versão do portuguez com anteloquio do prof. Decano do Lyceu Bracarense Pereira Caldas. Braga, Typ. de Bernardo A. de Sá Pereira, 1884, 16 p., dialecto siciliano
  • Os Lusíadas = Uma Estrophe dos Lusíadas com a Versão Siciliana. Compil. de Arnaldo Lemos. Porto, Typographia Elzeviriana, 1884, 6 p., 17 cm., português/dialecto siciliano
  • Os Lusíadas = Uma Estrophe dos Lusíadas com Versão Italiana. Compil. de Arnaldo Lemos. Porto, Typpographia de Fraga Lamares, 1885, 8 p., português/italiano
  • Os Lusíadas = Versão Franceza dos Luziadas com o texto original, antecedida dum preambulo de José Joaquim da Silva Pereira Caldas. Trad. Pedro de Sousa Holstein, duque de Palmela. Porto, Typ. Central, 1853, XXI+179 p., português/francês. Tricentenário de Camões
  • Os Lusíadas. Sulcando o Mar. Poemas de Os Lusíadas. Os Poetas e o Mar = Poems from The Lusiads. Poets and the Sea. Ploughing the Sea. Dir. Isabel Cruz Almeida, pref., sel. Maria Leonor Carvalhão Buescu, trad. Landeg White, intr. Rita Aranha. Lisboa, Instituto Português do Património Arquitectónico, 2001, 116 p., português/inglês
  • Os Lusíadas. Trad. J. J. C. Donner, pref. Otto von Leixner. Lisboa, Edições Delfos, 1972, 361 p., alemão
  • Poemas, in «Carmina». Trad., compil. A. L. dos Santos Valente. Ed. A. A. de Carvalho Monteiro. Lisboa, Imprensa Nacional, 1892. p. 16-29, 27
  • Poesia de Camões. Trad. Xiao Jiaping, Pref. Chen Guangfu, rev. de Wang Quanli, des. de Zhao Ruich, Wang Weixin. Pequim, Instituto de Literatura Estrangeira da Academia das Ciências Sociais da China/Fundação Calouste Gulbenkian, 1981, 89 p., il, 22 cm., português/chinês
  • Poesias Castellanas y Autos, Luis de Camoens. Ed., not. Marques Braga. Lisboa, Imprensa Nacional, 1929, 137 p., 30 cm. «Obra premiada en público certamen por La Real Academia Española y impresa á sus expensas»
  • Poesias de Camões. Trad. Lord Strangford. Defesa do poeta por Lord Byron. Coimbra, Imprensa da Universidade, “Boletim da Classe de Letras”, nº 13, 1920, inglês
  • Poesias de Luiz de Camões e Outros. Segunda Série. Trad. Prospero Peragallo. Lisboa, Imprensa Nacional, 1892, 144 p., 27 cm. Formosa ed. que continua a obra anterior e ostenta a mesma beleza bibliofílica, impressa com idêntica veste tipográfica, português/italiano
  • Poesias de Luiz de Camões e Outros. Trad. Prospero Peragallo. Lisboa, Imprensa Nacional, 1890, 126 p., ret. de Camões, português/italiano.
  • Pretidão de Amor. Endechas de Camões a Barbara escrava. Ed. Xavier da Cunha. Lisboa, Imprensa Nacional, 1893, 851 p., 27 cm., tradução em várias linguas. Ed. verdadeiramente monumental como veste tipográfica, impressa em várias tiragens e com motivos decorativos imitados da iconografia renascentista.
  • Rime. Ed. Riccardo Averini. Lisboa, Instituto Italiano de Cultura, «Estudos Italianos em Portugal», N.º 41, 1979, 2 vols., português/italiano. Número Especial Publicado no Quarto Centenário da Morte de Camões
  • Rime. Scelte, tradotte e commentate da Riccardo Averini. Lisboa, Instituto Italiano de Cultura, “Estudos Italianos em Portugal”, nº 41, 1979, 2 vols., português/italiano
  • Sete Anos de Pastor Jacob Servia. Soneto. No Aniversario 302 do Falecimento de Camões, segundo obolo litterario do Prof.. Pereira Caldas, com a versão de Lamberto Gil em hispanhol. Braga, Imprensa Commercial, 1882, 4 p.
  • Sete anos de pastor Jacob servia. Trad. para grego antigo, por F. Rebelo Gonçalves. Lisboa, Centro de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras, «Euphrosyne», Vol. 4, nova série 1970, pp. 387, grego antigo
  • Sobolos Rios Que Vão. Trad., coment. Ricardo Averini. Lisboa, Instituto Italiano de Cultura, «Estudos Italianos em Portugal», N.º 41, 1979, 30 p., português/italiano
  • Soneto «Alma minha gentil», de Luis de Camões (O). Trad. Prospero Peragallo. Lisboa, Typ. Casa Portugueza, 1884, 4 p., 27 cm., português/italiano
  • Soneto de Camões (Um). Trad. Lamberto Gil. Porto, Typ. Avelino António Mendes Cerdeira, 1884, VII p.
  • Soneto de Camões «Em uma lapa toda tenebrosa». Trad. Giacomo Zanella, pref. Pereira Caldas. Braga. Typ. Bernardo A. de Sá Pereira, 1884, 8 p., italiano
  • Soneto de Camões em Quevedo y Villegas Imitado (Um). Com anteloquio do professor Pereira Caldas. Braga, Tip. Gouveia, 1883
  • Soneto de Camões Septe anos de pastor Jacob servia em duas versões latinas de Alexis Collotes de Jantillet, em 1679 impressos em Lisboa. Ed. Pereira Caldas. Braga, Typographia Camões, 1887, 12 p., latim
  • Soneto. Com a Versão do Conselheiro Viale em italiano. No Anniversario 302 do Fallecimento de Camões. Obolo Literario do Prof. Pereira Caldas. Braga, Imprensa Commercial, 1882, 4 p., português/italiano
  • Sonetos Escolhidos de Luiz de Camões.Trad. Prospero Peragallo. Lisboa, Francisco Artur da Silva, 1885, 80 p., português/italiano
  • Sonnets (Les). Trad. Fernando de Azevedo. Lisboa, Livraria Ferreira, 1913, 335 p., francês
  • Tradução inedita em latim do Alma minha gentil (Uma). Publ. e pref. de Xavier da Cunha. Coimbra, Universidade de Coimbra, 1904, 15 p., latim
  • Versão italiana do soneto de Camões «Em uma lapa toda tenebrosa». Trad. Giacomo Zanella, preamb. Pereira Caldas. Braga. Typ. Bernardo A. de Sá Pereira, 1884, 8 p.
Manuel da Fonseca
  • Fogo e as Cinzas (O). Trad. Miguel Serras Pereira. Lisboa, RBA, 1995, 191 p.
Maria Gabriela Llansol / Julião Sarmento
  • Raio sobre o Lápis (O) = La Foudre sur le Crayon. Lisboa, Comissariado para a Europália 91, 1991, 45 p., il., português/francês
Mariana Alcoforado
  • Cartas Portuguesas = Lettres. Lisboa, Arcádia, 1973, 51 p., il., português/francês
  • Cartas Portuguesas = Letters of a Portuguese Nun. Lisboa, Arcádia, 1973, 51 p., il.
  • Cartas Portuguesas = Lettres Portugaises. Lisboa, Ulisseia, 1963, 101 p., il.
  • Cartas Portuguesas = Lettres Portugaises de Mariana Alcoforado. Dir. José Sommer Ribeiro, org. Fundação Arpad Szenes - Vieira da Silva, trad. Paula Mascarenhas, litografias Henri Matisse. Lisboa, Fundação Arpad Szenes, 2004, 40 p., il.
  • Cartas Portuguesas = Portugiesiche Briefe. Lisboa, Arcádia, 1973, 55 p., il.
  • Cartas Portuguesas = The Letters of a Portuguese Nun. Lisboa, Arcádia, 1973, 46 p., il.
  • Cartas Portuguesas = The Letters of a Portuguese Nun. Lisboa, Arcádia, 1973, 46 p., il.
  • Cartas Portuguesas = Letters. Lisboa, Arcádia, 1973, 51 p., il.
Mário Cesariny
  • Temps des Pionniers. (Les). Desenho, inversões, pintura e colagem sobre fotografias. Vila Nova de Famalicão, Fundação Cupertino de Miranda / Lisboa, Documenta, 2013, 54 p., il.
Mário de Sá-Carneiro
  • Contos Breves. Trad. Cui Weixiao. Macau, Instituto Português do Oriente, 1992, 108+3 p., il., português/chinês
  • Gentil Amor. Un Inédit de Mário de Sá-Carneiro. Ed. François Castex. Lisboa, Biblioteca Nacional, 1993, «Revista da Biblioteca Nacional» Nº 2, 1993, pp. 23-36. Contém fac-simile do manuscrito de Mário de Sá Carneiro
  • João Jacinto. Biografia = Un Conte Inédit de Mário de Sá-Carneiro. Biographie ou Autoportrait? Ed. François Castex. Coimbra, «Revista da Universidade de Coimbra» Vol. 31, 1984, 28 p., il.
Miguel Torga
  • Bichos. Trad. Maria Josefa Canellada. Coimbra, Coimbra Editora, 1946, espanhol
  • Death Penalty (The).Coimbra, Edição de Autor, 1967, 9 p. Ed. Centenário da abolição da Pena de Morte em Portugal
  • Grape Harvest. Coimbra, 1989, 302 p., il. (fora do mercado)
  • Lamentation. A Poem. Trad. Denis Brass. Coimbra, 1960, inglês
  • Missão (A). Trad. Chui Ui Xiao. Macau, Instituto Cultural de Macau, 1987, 56 p., chinês
  • Novos Contos da Montanha. Trad. Fan Wei Xin. Macau, Instituto Cultural de Macau, 1993, 172 p., chinês
  • Paradis (Le). Farse en 3 Actes. Trad. Andrée Crabbé Rocha. Coimbra, Edição de Autor, 1949, 225 p.
  • Portugal. Trad. Wu Zhi Liang. Macau, Instituto Cultural de Macau, 1990, 181 p., português/chinês
  • Portuguese Poetry After Pessoa: José Régio, Vitorino Nemésio, Miguel Torga, Jorge de Sena, Carlos de Oliveira, Alexandre O'Neill, David Mourão-Ferreira, Ruy Belo, Luiza Neto Jorge. Trad. Richard Zenith. Lisboa, Contexto, 1998, 124 p.
  • Senhor (O) = Le Viatique. Trad. Andrée Crabbé Rocha. Coimbra, Edição de Autor, 1959, 16 p.
  • Senhor Ventura (O). Trad. Cui Wei Xiao. Macau, Instituto Cultural de Macau, 1989, 251 p., português/chinês
Nuno Júdice
  • Portugal: Lengua y Cultura. Coord. Francisco Faria Paulino, fot. António Sachetti... [et al.], trad. Maria de Jesús Hernández, Richard Zenith. Lisboa, Comissariado de Portugal para a Exposição Universal de Sevilha, 1992, 117 p., il.
Ramalho Ortigão
  • Great Attraction (A). Braga, Fundação Cultural Bracara Augusta, 2000, 20 p.
  • Louis de Camões: la Renaissance et les Lusiades... Trad. F. F. Steenackers. Lisboa, Mattos Moreira & C.ia, 1880, 150 p.
Ruy Belo
  • Portuguese Poetry after Pessoa: José Régio, Vitorino Nemésio, Miguel Torga, Jorge de Sena, Carlos de Oliveira, Alexandre O'Neill, David Mourão-Ferreira, Ruy Belo, Luiza Neto Jorge. Trad. Richard Zenith. Lisboa, Contexto, 1998, 124 p.
Sophia de Mello Breyner Andresen
  • Contos Exemplares. Trad. Cui Wei Xiao. Macau/Shijiazhuang, Instituto Cultural de Macau e Editora Montanha das Flores, 1995, chinês
  • Ilhas (Poemas Escolhidos) = Islands (Selected Poems). Trad. Richard Zenith. Lisboa, Texto Editora / Expo 98, 1995, português/inglês
  • Poemas de Sophia (1944-1989). Trad. Yao Jing Ming. Macau/Shijiazhuang, Instituto Cultural de Macau e Editora Montanha das Flores, 1995, chinês
Urbano Tavares Rodrigues
  • António Patrício et le théatre symboliste français.InOs estudos literários: (entre) cioncia e hermenoutica - actas do I Congresso A. P. L. C. Lisboa, Associação Portuguesa de Literatura Comparada, 1989, pp. 290-296
  • God Bless America! Fotografia de Rui Ochôa. Mem Martins, Europa-América, 2003, 64+8 p., il.
  • Métaphores de la Condition Ouvriére dans Germinal (Les). Lisboa, «Ariane», Nº 3, 1984, pp. 117-125
  • Presentation de Castro Alves.Coimbra, Coimbra Editora, «Bulletin de Études Portugaises», 1954, 35 p.
Vasco Graça Moura
  • Tratado de Tordesilhas (O) = The Treaty of Tordesilhas. Trad. George Dykes. Lisboa, CTT, 1994, 102+6 p., il.
Vitorino Nemésio
  • Correspondance entre Valery Larbaud et Vitorino Nemésio. Ed. Pierre Rivas. Ponta Delgada, Universidade dos Açores, Separat de «Arquipélago. Série Línguas e Literaturas, n.º 7, 1985, pp. 93-114, francês
  • Études Portugaises. Gil Vicente, Herculano, Antero de Quental, Le Simbolisme. Lisboa, Instituto para a Alta Cultura, 1938, 140 p., francês
  • Mythe de Monsieur Queimado (Le). Lisboa, Institut Français au Portugal, “Bulletin des Études Portugaises”, Fasc. 2, 1940, 23 p.
  • Portuguese Poetry After Pessoa. José Régio, Vitorino Nemésio, Miguel Torga, Jorge de Sena, Carlos de Oliveira, Alexandre O'Neill, David Mourão-Ferreira, Ruy Belo, Luiza Neto Jorge. Trad. Richard Zenith. Lisboa, Contexto, 1998, 124 p., inglês
  • Voyelle Promise (La). Poëmes. Coimbra, Presença, 1935, 6+67 p.

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.