“Fotografar é dar Vida”

Publicado em segunda, 05 setembro 2016 14:32

Entre os dias 14 e 18 de setembro de 2016, os resultados do trabalho com 28 mulheres guineenses participantes do “Fotografar é dar Vida”, atividade inserida no âmbito do projeto “Anhacanau Adjanhau – a mulher líder na gestão comunitária dos serviços de saúde materno-infantil”, da ONGD VIDA, serão levados até ao Festival Internacional de Fotografia de Paraty, no Brasil, por Elisabete Monteiro e Daniel Meirinho, os responsáveis pela atividade.

“Fotografar é dar Vida” é um projeto de fotografia participativa, promovida pela ONGD VIDA – Voluntariado Internacional para o Desenvolvimento Africano em colaboração com os Bagabaga Studios e cofinanciado pelo Camões, I.P. e Fundação Calouste Gulbenkian. Pretendeu dar rosto aos anseios, olhares e quotidianos destas mulheres, e ao projeto Anhacanau Adjanhau, que tem como objetivo a redução das taxas de mortalidade materno-infantil e a capacitação de mulheres para a participação comunitária na gestão financeira dos serviços de saúde.

Mais Informação: https://www.facebook.com/vidaportugal/

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.