Moçambique: “Cartografias” - Exposição Individual de Catarina Castel-Branco

Publicado em sexta, 19 maio 2017 18:45

A exposição Cartografias de Catarina Castel-Branco inaugura no dia 31 de maio, às 18h00, no Camões – Centro Cultural Português em Maputo e mostra, pela primeira vez em Moçambique, um conjunto de obras da artista portuguesa que expõe regularmente desde início da década de 1980 em vários países da Europa, bem como no Japão, México e na África do Sul.

Em Cartografias, Catarina Castel-Branco traz-nos composições que cruzam o urbano com o rural, num inventivo entretecer de silhuetas urbanas, representações antigas, plantas e materiais orgânicos. Estes materiais são também fonte de extração e criação dos pigmentos que a artista utiliza para dar cor às suas “montagens” e colagens que compõem sobreposições de discursos, memórias e de texturas, muitas das quais associadas, nesta exposição, a padrões africanos.

A presença recorrente da forma do círculo pode também ser associada à ligação com o globo e à diversidade que nos caracteriza. São também trabalhadas plantas num duplo sentido: plantas urbanas, que são decalcadas e coladas sobre a superfície, e plantas várias do mundo da botânica, em sobreposições que nos trazem a orgânica intrínseca das suas composições.

Num programa paralelo à exposição, a artista coordenará um workshop de desenho, baseado na utilização de materiais orgânicos de Moçambique. Esta Oficina realiza-se entre 12 e 14 de junho, entre as 9h30 e as 12h30, no Camões – CCP Maputo. A participação é gratuita, mediante inscrição prévia feita na Biblioteca do Camões – Centro Cultural Português em Maputo. A oficina terá o máximo de 10 participantes.

No âmbito das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, serão apresentados ao longo do mês de junho, na primeira sala da Galeria do Camões em Maputo, um conjunto de filmes sobre artistas portugueses no século XX e XXI. Neste âmbito, destaca-se a exibição de “O último segredo”, do realizador Christophe Fonseca, que se associou a esta iniciativa, viabilizando a exibição do seu recém-estreado documentário sobre Amadeo de Souza Cardoso. Serão ainda exibidos, entre outros, os documentários Olhares na Distância: Quatro Pintores Portugueses Contemporâneos, de J.G. Martín Buenadicha, e A favor da Claridade: Pedro Cabrita Reis, de Teresa Villaverde, ligado à participação deste artista na Bienal de Veneza 2005.

A exposição Cartografias de Catarina Castel-Branco poderá ser visitada no Camões – Centro Cultural Português em Maputo entre 31 de maio e 23 de junho, de segunda a sexta-feira, entre as 11h00 e as 18h00.

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.