Brasil: Assinatura de Protocolo de Cooperação para a Recuperação do Museu da Língua Portuguesa - O Camões, I.P. Contribui com Conteúdos

Publicado em segunda, 12 junho 2017 12:35

Foi assinado no dia 11 de junho de 2017, no Consulado Geral de Portugal em São Paulo, um protocolo de cooperação tripartida para a recuperação do Museu da Língua Portuguesa entre o Governo da República Portuguesa, o Governo do Estado de São Paulo e a Fundação Roberto Marinho.

O protocolo foi assinado pelo Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, pelo Secretário de Cultura do governo do estado de São Paulo, José Luiz Penna, e pelo Secretário Geral da Fundação Roberto Marinho, Hugo Barreto.

A cerimónia contou com a presença do Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, do Primeiro-Ministro de Portugal, António Costa, e do Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

O Primeiro-Ministro manifestou total disponibilidade por parte do Estado Português para a reconstrução do Museu da Língua Portuguesa em São Paulo e destacou o contributo já dado por empresas nacionais como a EDP.

“Temos empresas que estão a patrocinar a recuperação do museu, desde logo a EDP. O Estado Português, pela sua parte, através do Instituto Camões, vai contribuir com conteúdos”, disse António Costa.

José Luís Carneiro, secretário de Estado das Comunidades, que assinou o acordo em nome do Estado português, sublinhou que "Vamos ultrapassar uma tristeza muito profunda quando um incêndio destruiu o museu. Reitero aqui o compromisso do Instituto Camões com este projeto, no qual a dimensão digital vai ser fundamental".

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou que o Museu da Língua Portuguesa, parcialmente destruído por um incêndio no final de 2015, deverá reabrir ao público, no máximo, no início de 2019.

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.