Compositor português em concurso ibérico de música de câmara

Publicado em terça, 31 maio 2011 13:54

Obras de Vasco Negreiros vão ser interpretadas, entre outras de compositores de Espanha, França, Itália e México, na inauguração, em Madrid, a 17 de fevereiro, do III Concurso Ibérico de Música de Câmara com Harpa, de cujo júri o compositor português faz parte.

Para além da obras de Vasco Negreiros, que é docente de música na Universidade de Aveiro e leciona ainda no Brasil, Espanha e Alemanha, no auditório do Centro Cultural Nicolás Salmerón, em Madrid, serão interpretadas obras de François Joseph Naderman (França), Manuel de Falla (Espanha), Andrea Ferrante (Itália), Emmanuel Arias y Luna (México), Antonio García Palao (Espanha), David González Moreira (Argentina-Espanha), sendo artistas convidadas Anna Moroz (voz) e Ilona Nokelainen (harpa).

O Concurso Ibérico de Música de Câmara com Harpa, que é organizado pela Associação de Música de Câmara Isolda e que tem o apoio da Embaixada de Portugal em Madrid, conta com três categorias em competição: infantil (até aos 15 anos), juvenil (16-20 anos) e adultos (21-35 anos).

Pretende-se com o concurso «incentivar os harpistas e estudantes de harpa a praticar música em conjunto, a benefício da difusão do instrumento».

Segundo a Associação Isolda, «nos últimos anos, observa-se um crescente interesse pela harpa e são cada vez mais os conservatórios que a incluem no seu ensino».

Vasco Trigo de Negreiros, professor auxiliar do departamento de arte e comunicação da Universidade de Aveiro, começou a sua educação musical no Brasil, para onde foi viver aos 10 anos.

Especializou-se em direção coral na Universidade do Rio de Janeiro. Ali dirigiu o Ensemble Barroco do Brasil.

Na Alemanha, concluiu o nível superior de direção na Karlsruhe Musickhochschule, e uma pós-graduação na Mannheim-Heidelberg Musickhochschule. Doutorou-se em 2005 com o Livro de Vários Motetes, de Frei Manuel Cardoso.

Entretanto, em 1997, ano em que é admitido como professor na Universidade de Aveiro, fundara o Vocal Ensemble, com o qual gravou três discos compactos com o Livro de Vários Motetes. Officio da Semana Santa. E outras Covsas.

Desde há vários anos que se dedica a criar obras para serem interpretadas e ouvidas por crianças.

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.