Ponto de Situação - Guiné-Bissau

Publicado em quarta, 03 outubro 2012 09:53

 

Enquadramento Geral

A estratégia de cooperação entre Portugal e a Guiné-Bissau enquadra-se nos objetivos do Conceito Estratégico da Cooperação Portuguesa 2014-2020 e nas opções definidas pelas autoridades guineenses, consubstanciadas nas orientações e objetivos do Programa Estratégico Operacional “Terra Ranka” 2015-2020.

Portugal tem sido o maior doador bilateral na Guiné-Bissau. No período 2009-2014 a Ajuda Pública ao Desenvolvimento (APD) bilateral Portugal – Guiné-Bissau apresentou os seguintes valores, em euros:

 

2009

2010

2011

2012

2013

2014

10 361 000

11 868 051

9 829 376

7 400 231

6 054 326

6 939 674

                                                             Fonte: Camões, I.P. (euros)

Refira-se que o decréscimo da ajuda em 2012 e 2013 deriva do facto de Portugal ter reduzido a intervenção da cooperação devido ao golpe de estado de 12 de abril de 2012 que determinou a suspensão da cooperação institucional. Todavia, Portugal permaneceu no terreno com projetos desenvolvidos por ONGD num apoio direto às populações em setores prioritários como a Educação, a Saúde e o Desenvolvimento Rural.

Programa Estratégico de Cooperação Portugal Guiné-Bissau 2015-2020

A 6 de julho de 2015 foi assinado em Bissau o Programa Estratégico de Cooperação Portugal Guiné-Bissau 2015-2020 que compreende dois eixos de intervenção: Eixo I – Governação, Estado de Direito e Direitos Humanos; Eixo II – Desenvolvimento Humano e Bens Públicos Globais.

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.