Lusitanista Giulia Lanciani condecorada em Roma

Uma das maiores lusitanistas italianas vivas, a professora Giulia Laciani, titular da cátedra José Saramago, na Universidade Roma Tre, recebeu a 5 de maio, em Roma, a condecoração de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique, atribuída pelo Presidente da República, das mãos do embaixador de Portugal, Fernando d'Oliveira Neves.

A cerimónia, na Aula Magna da Faculdade de Letras e Filosofia da Universidade de Roma Tre, contou com intervenções, para além do embaixador de Portugal em Itália, do reitor da mesma universidade, Guido Fabio, da presidente da Faculdade de Letras e Filosofia, Francesca Cantù, e da própria agraciada.

Nas intervenções, foi sublinhada a qualidade e a extensão do currículo de Giulia Lanciani, mas também «o seu grande amor a Portugal», que a própria teve oportunidade de sublinhar, revisitando ainda a sua relação com a língua e a cultura portuguesas.

A Giulia Lanciani se deve significativa investigação filológica e hermêutica e de teoria literária no âmbito da língua e da literatura portuguesa. Além de investigadora, é doutora honoris causa pela Universidade de Lisboa e pela Universidade Nova de Lisboa.

A cerimónia coincidiu com a celebração do Dia da Língua Portuguesa e, entre as cerca de 400 pessoas presentes, figuravam lusitanistas de várias universidades italianas e os embaixadores de Moçambique, Cabo Verde e um representante da embaixada do Brasil.

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.