Portugal, os Jesuítas e o Japão: Crenças Espirituais e Bens Materiais

Museu McMullen do Boston College acolhe exposição inovadora da rara arte Nanban

O Museu McMullen de Arte do Boston College (EUA) apresenta, de 16 de fevereiro a 2 de junho de 2013, a exposição “Portugal, os Jesuítas e o Japão: Crenças Espirituais e Bens Materiais”, uma mostra inovadora da rara arte Nanban, ou seja, da arte influenciada pela chegada dos nanban-jin ou “bárbaros do sul” – missionários e mercadores europeus ao Japão – durante os séculos XVI e XVII.

A exposição, patrocinada pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, é dedicada às trocas culturais durante este período, em que os navios portugueses cruzavam os oceanos desde Portugal até ao Japão com paragens na Índia e na China.

Explora as transformações na esfera política, cultural, artística, tecnológica e linguística durante a presença nanban-jin, desde a chegada dos portugueses em 1543 e a introdução do Cristianismo por S. Francisco Xavier em 1549 até à expulsão dos portugueses em 1639. “Portugal, os Jesuítas e o Japão” é uma mostra sobre um período de internacionalização que abriu caminho à insularidade japonesa após a partida dos portugueses.

Organizada pelo McMullen Museum of Art, tem a curadoria de Victoria Weston, Professora de História de Arte Japonesa na Universidade de Massachusetts Boston e de Alexandra Curvelo, do Museu do Azulejo, em Lisboa, em coordenação com Pedro Moura Carvalho do Asian Civilisations Museum, de Singapura.

No total são 70 as peças a expor, entre as quais sete magníficos biombos que ilustram os encontros dos japoneses com os comerciantes portugueses e com os missionários jesuítas. Também poderão ser admirados exemplos dos objetos representados nos biombos: mobiliário japonês profusamente decorado, objetos em laca, equipamento militar, cerâmicas indianas e chinesas, têxteis e pinturas de artistas japoneses ensinados por jesuítas.

A mostra inclui ainda mapas raros europeus e japoneses (para imagens e detalhes da exposição consultar o site www.bc.edu/artmuseum).

Os curadores selecionaram obras de referência de diferentes instituições e coleções privadas nos Estados Unidos da América (EUA), incluindo o Peabody Essex Museum, de Salem, Massachusetts, o Metropolitan Museum of Art, de Nova Iorque, o Asian Art Museum de S. Francisco, a Fundação Jackson Burke e o Museum of Fine Arts, de Boston.

De Portugal integram a mostra peças cedidas pelo Museu Nacional Soares dos Reis, Museu de S. Roque, Diocese de Coimbra, Sé Nova, Biblioteca Nacional e outras pertencentes a colecionadores particulares.

Esta exposição é patrocinada pelo Boston College, pelos patronos do Museu McMullen, Leslie e Peter Ciampi, pelo Camões-Instituto da Cooperação e da Língua/Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal, pelo Consulado Geral de Portugal em Boston e pela Fundação Calouste Gulbenkian, contando ainda com o apoio da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento.

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.