Angola: Professores portugueses renovam contrato para o Programa Saber Mais

Dezoito professores e três coordenadores portugueses ao serviço do Programa de Apoio ao Reforço do Ensino Secundário em Angola ‘Saber Mais’ assinam amanhã, sexta-feira dia 22 de fevereiro, pelas 15:00, na sede do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua (CICL), em Lisboa, a renovação dos seus contratos de agentes da cooperação para 2013.

Os cooperantes portugueses, que partem a 24 de fevereiro para Luanda, vão trabalhar nas províncias de Benguela, Namibe e Cabinda. Nas suas duas vertentes - formação inicial e formação contínua em exercício - o Programa ‘Saber Mais’ abrangeu, entre 2010 e 2012, cerca de quatro mil formandos.

Aprovado em 2009 no âmbito do Fundo da Língua Portuguesa, e desenvolvido numa parceria da Cooperação portuguesa com o Ministério da Educação de Angola, o Programa “Saber Mais” atua na área da formação de formadores de professores do 2º ciclo do Ensino Secundário daquele país.

A partir de 2014 este Programa inicia um novo ciclo, que está a ser preparado e negociado entre Portugal e Angola, onde uma missão do CICL se deslocou no final de janeiro, antecedendo a visita oficial àquele país de língua portuguesa da costa ocidental de África, do ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas.

A cerimónia de assinatura de renovação dos contratos para 2013 com os 21 agentes de cooperação decorre nas instalações do CICL, na Av. da Liberdade, nº 270, em Lisboa.

O Camões - Instituto da Cooperação e da Língua (Camões, I.P.) é um instituto público tutelado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) que tem por missão propor e executar a política de cooperação portuguesa e a política de ensino e divulgação da língua e cultura portuguesas no estrangeiro.

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.