Sessão de lançamento do livro “Platão – As Artimanhas do Fingimento”

Primeira publicação portuguesa da escritora e investigadora brasileira Maria Cristina Ferraz

Lisboa, 8 de março, 18:00, na sede do Camões, IP (Palacete Seixas)

 

No dia 8 de março de 2013, pelas 18h00, no Palacete Seixas (Av. da Liberdade, 270 - Lisboa), sede do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, a escritora e professora universitária brasileira Maria Cristina Ferraz apresenta a obra Platão – As Artimanhas do Fingimento, um ensaio em torno da filosofia platónica.

Esta é a primeira publicação portuguesa da internacionalmente reconhecida autora de temas filosóficos, doutorada pela Universidade de Paris I – Sorbonne. Em pleno século XXI, a obra de Maria Cristina Ferraz investiga as implicações dos gestos inaugurais da filosofia ocidental. Só desse modo é possível dimensionar, com maior precisão, até que ponto somos ainda deles tributários.

Maria Cristina Franco Ferraz nasceu e vive no Rio de Janeiro. É Professora Titular de Teoria da Comunicação da Universidade Federal Fluminense (UFF), mestre em Letras pela PUC-RJ e doutora em Filosofia pela Universidade de Paris I – Sorbonne.

Foi professora visitante em universidades europeias e, nos EUA, coordena, na UFF, o Doutorado Internacional Erasmus Mundus “Cultural Studies in Literary Interzones”. Publicou os seguintes livros: Nietzsche, o bufão dos deuses (1994 e 1998), Platão: as artimanhas do fingimento (1999), Nove variações sobre temas nietzschianos (2002) e Homo Deletabilis - Corpo, perceção, esquecimento do século XIX ao XXI (2010).

O Camões - Instituto da Cooperação e da Língua (Camões, I.P.) é um instituto público tutelado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) que tem por missão propor e executar a política de cooperação portuguesa e a política de ensino e divulgação da língua e cultura portuguesas no estrangeiro.

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.