Prémio Luso-Brasileiro de Dramaturgia António José da Silva 2013 - Esclarecimento

Esclarecimento

 

A Funarte decidiu não atribuir o 7º Prémio Luso-Brasileiro de Dramaturgia António José da Silva no ano de 2013, baseada na constatação de que o texto selecionado “Luiz Gama ou O Diabo Coxo”, da autoria de Gabriela Coelho Rabelo Amadeu, infringiu o ponto 2.5 do regulamento que diz: “Os textos não poderão ser divulgados por quaisquer meios, total ou parcialmente, até a data da publicação do resultado final da seleção (ponto 8.10).

Esta decisão foi tomada por ter sido provado que houve leitura pública do texto durante o período que antecedeu a reunião dos jurados brasileiros com os portugueses, através de videoconferência realizada no dia 5 de novembro de 2013, quando foi escolhido o texto em questão.

Considerando os termos do protocolo de parceria celebrado entre a Funarte e o Camões, Instituto da Cooperação e da Língua Portuguesa, I.P. em 12/08/2011, as referidas partes resolvem, de comum acordo, não atribuir neste ano de 2013 o 7º Prémio Luso- Brasileiro de Dramaturgia António José da Silva.

A menção honrosa atribuída ao texto “Quando a Noite Cai”, do autor português Luís Miguel da Silva Lopes, foi também retirada por violação do regulamento do prémio, pois incorreu na mesma infração do texto brasileiro.

Recorde-se que nesta 7ª edição integraram o júri português os seguintes elementos: o ator João Saraiva das Neves, do Teatro Nacional D. Maria II, o professor e encenador João Brites, do Teatro O Bando, e a investigadora Ana Rita Martins, do Centro de Estudos de Teatro da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Vencedores de anteriores edições:

2012 – Luís Miguel Patrício Campião (Portugal) - Nossa Senhora da Açoteia,

2011 – Luis Mário Lopes (Portugal) - Vizinhança,

2010 – Marco Catalão (Brasil) - Agro Negócio,

2009 – Abel Neves (Portugal) - Jardim Suspenso,

2008 – Fábio Mendes (Brasil) - The Cachorro Manco Show,

2007 – José Maria Vieira Mendes (Portugal) - A Minha Mulher.

Mais informação:

/premio-luso-brasileiro-de-dramaturgia-antonio-jose-da-silva-2013

 

O Camões - Instituto da Cooperação e da Língua (Camões, I.P.) é um instituto público tutelado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) que tem por missão propor e executar a política de cooperação portuguesa e a política de ensino e divulgação da língua e cultura portuguesas no estrangeiro.

 

Lisboa, 20 de novembro de 2013

Gabinete de Documentação e Comunicação
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, IP
Ministério dos Negócios Estrangeiros
Rua Rodrigues Sampaio, nº3 – R/cº
1250-147 Lisboa - Portugal
Tel.: +351 21 317 6718  | 21 317 6737

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.