Ensino da Língua Portuguesa

Ensino da Língua Portuguesa

O Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. aposta nos seguintes programas prioritários para o desenvolvimento da língua portuguesa, património de cerca de 240 milhões de cidadãos:

  • Formação Inicial de Professores de Português, com o grau de licenciatura;
  • Formação Contínua de Professores, quer em regime a distância ou híbrido, quer presencial;
  • Formação Linguística de futuros Quadros das múltiplas áreas profissionais, desde a da Medicina à das Relações Internacionais, da Economia ao Direito, entre outras;
  • Formação Inicial e Contínua de Tradutores e Intérpretes;
  • Investigação e Pós-graduação, com vista ao aprofundamento do conhecimento nas áreas da Literatura e outras Artes, História e Sociologia dos povos que partilham a língua portuguesa.

Formação de Professores

O Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. promove a formação inicial de professores de português no estrangeiro, quer como Língua Estrangeira, quer como Língua Segunda.

No primeiro contexto, são apoiados 225 cursos; no âmbito da formação de professores de português como Língua Segunda, os leitorados do Camões, I.P. interagem com 14 cursos desta área, que abrangem uma média anual de cerca de 5.000 alunos.

O Camões, I.P. promove ainda, em regime presencial ou híbrido, a formação contínua de professores de português em Cabo Verde, Guiné-Bissau e Moçambique, através de 49 núcleos de formação, com uma média anual de 125 formadores e de 1.800 formandos que lecionam a língua portuguesa a um universo de cerca de 350.000 alunos dos ensinos básico e secundário.

Formação de Quadros

O Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. desenvolve formação específica para:

  • Quadros da Administração Pública e de Forças de Segurança e Defesa, de acordo com programas de cooperação existentes entre Portugal e outros Estados;
  • Quadros, pessoal técnico e administrativo de organismos internacionais e regionais, nomeadamente da União Africana (UA), Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC), Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) e, no contexto financeiro, do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD);
  • Diplomatas;
  • Quadros de empresas com capitais portugueses, correspondendo ao estatuto do português como Língua de Trabalho, de Direito, de Diplomacia e de Negócios.

Formação de Tradutores e Intérpretes

O Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. coopera com universidades europeias, africanas, asiáticas e americanas, bem como com organizações internacionais, em programas de formação de tradutores e intérpretes, contribuindo para o direito de cidadania do português como Língua de Comunicação Global.

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.